Os meios de comunicação social dizem que a tendência mais recente é o intervalo de jejum, ou jejum intermitente. Todos falam disso, mas é um assunto tão velho quanto a humanidade. Antigamente, não havia três a quatro refeições por dia na mesa. Os nossos antepassados tinham de caçar e recolher alimentos e permaneciam ativos durante todo o dia. Eram capazes de resistir a longos e frequentes períodos sem alimentos. Com o jejum intermitente, portanto, vivemos de acordo com o nosso relógio biológico natural.

Se o objetivo de jejuar for emagrecer, é importante ter uma alimentação saudável no restante no dia. Se o paciente enfiar o pé na jaca, não adianta ficar horas sem comer. “Criei um conceito chamado alimentação forte para mostrar para as pessoas o que é, de fato, uma alimentação saudável baseada na ciência", fala Polesso. "É necessário excluir da dieta alimentos processados, refinados, açúcares e as gorduras ruins, como óleos vegetais de milho, canola e soja, encontrados na margarina, por exemplo.”
Que tal fazer ciclos calóricos? Já foi citado o ciclo de carboidratos, mas isso pode ser feito com calorias também, seguindo a mesma lógica científica: se não consome calorias o suficiente, seu corpo fica tenso, o metabolismo começa a desacelerar e consumir seus músculos. Por isso, quando estiver em uma dieta com poucas calorias, inclua dias de maior ingestão calórica para mantê-la funcionando e acelerar o corpo.
Outra consequência do jejum intermitente é que o metabolismo basal também não desacelera, como muitos pensam. “O metabolismo basal gasta a quantidade de calorias no dia que uma pessoa precisa para manter o mesmo peso. As pessoas acham que não comer vai desacelerar o metabolismo, ou seja, você vai queimar menos calorias. Mas um estudo mostrou que ele continua acelerado até em jejuns bastante longos.”
Jejuar aumenta as catecolaminas, tanto adrenalina (epinefrina) quanto noradrenalina (norepinefrina). Ambas catecolaminas aumentam o gasto de energia em repouso durante um jejum, e adivinhe onde o seu corpo em jejum encontra energia para gastar ? Da gordura corporal. As catecolaminas ativam a lipase sensível a hormônios presente no tecido adiposo, acelerando a liberação da dita gordura. Isso faz sentido intuitivamente, não é ? Se você está com fome, na natureza, você precisa caçar (ou coletar, ou pescar, ou procurar comida de alguma maneira) e você precisa de energia para fazer isso. As catecolaminas ajudam a prover um pouco dessa energia enquanto queimam gordura no processo.

2º Treino na academia(no horário que posso comer) e pedalo(em jejum durante 30 a 40 min.)meu objetivo é a hipertrofia e perda de gordura localizada apenas na região do abdômen. Tenho 1,71m de altura e peso 73kg. Meus “macros” por dia são de até 80g de gordura; 290g de carboidratos; 180g de proteína. Estou consumindo por volta de 50 a 80g de gordura por dia, 210 a 240g de carboidratos e 160 a 190g de proteínas por janela de alimentação(durante as 8 horas que posso me alimentar faço 4 refeições. Tudo pesado na balança). Já, a quantidade de calorias ingeridas por janela, fica por volta de 2000 até 2300. Isto posto, minha dúvida é se estou fazendo o correto pra perda de gordura localizada sem a perda de massa magra(músculos).
Se você não quer ser totalmente vegetariano, você pode tentar ter um dia livre de carne uma vez por semana e começar daí para alcançar um equilíbrio que resulte em você se sentir satisfeito e ao mesmo tempo saudável. No geral, quase todos podem se beneficiar em incorporar um dia livre de carne e rico em proteínas vegetais nas suas refeições semanais.
Alguns dizem que é bom levantar pesos antes da atividade aeróbica, pois ela acaba com o estoque de glicogênio, e então quando chega a hora da musculação já não tem mais energia. E quando não consegue levantar os pesos não desenvolve massa muscular. No entanto, isso é mais importante para os fisiculturistas que buscam hipertrofia do que para quem só quer perder as dobrinhas na barriga.
O chá de cúrcuma pode ser um dos chás para acelerar o metabolismo e prevenir o acúmulo de gordura nos tecidos adiposos e outros órgãos. Isso pode evitar mais ganho de peso em pessoas com sobrepeso ou obesas. Além disso, o chá de cúrcuma tem ação termogênica, o que aumenta a taxa metabólica no corpo para queimar as calorias, promovendo a perda de peso.
Gorduras puras como manteiga e óleo de coco podem ser adicionadas ao café, pela manhã, para ajudar na sensação de saciedade durante o jejum. "Mas não pode exagerar caso o objetivo seja perder peso”, alerta o especialista. "O paciente não deve tomar óleo de coco e manteiga em excesso porque o corpo irá queimar essa gordura antes de queimar a do próprio corpo. Tudo tem que ser ponderado. O ideal mesmo é beber o líquido puro."
O que Polesso chama de substâncias comestíveis são os produtos industrializados que não apresentam muitos nutrientes. “Para queimar gordura naturalmente, você precisa restabelecer o bom funcionamento do metabolismo e do sistema hormonal”, explica, destacando que o primeiro passo para conseguir isso é removendo as toxinas que emperram esse sistema. “As toxinas estão nas substâncias comestíveis, nos açúcares, farináceos processados e carboidratos artificiais. “São estes elementos que fazem com que o metabolismo produza uma grande quantidade de insulina, incentivando o estoque de gordura”, conta.
Ao não receber energia dos alimentos, para se manter funcionando, o organismo busca seu combustível em reservas de glicose no fígado e nos músculos. A questão é que essas reservas acabam em 12 horas e, a partir daí, o corpo começa a perder massa muscular. Quando acompanhado por um profissional, ele ajustará a ingestão proteica na dieta, fornecendo o suporte nutricional necessário para evitar essa perda.
A capacidade impressionante do jejum intermitente para estimular a produção de hormônio do crescimento também é importante para reduzir o risco de um praticante de desenvolver uma série de tipos de câncer. Comer regularmente desencadeia um processo no corpo para produzir mais e mais células novas – o que pode inadvertidamente acelerar o crescimento de certas células cancerígenas. O jejum, no entanto, dá ao seu corpo um pouco de descanso desta atividade e diminui a possibilidade de novas células se tornarem cancerosas.
Do Conselho editorial: Os artigos aqui publicados são escritos por produto pesquisadores e autores que os produtos de teste e registro de sua experiência e/ou experiência geral dos usuários da Internet. Todas as reclamações, estatísticas, citações ou outras formas de apresentar o produto deve ser confirmado pelo fabricante, fornecedor ou interessado de terceiros antes de comprar.
Assim que ele percebeu que estar acima do peso era uma escolha, algo o chamou a atenção e Kevin foi capaz de se concentrar em perder peso de uma forma que ele nunca havia feito antes. Quando começou, em agosto de 2016, ele cortou todos os carboidratos processados e comia cerca de 1.700 calorias por dia, que rastreava com um aplicativo de perda de peso. Os primeiros 20 kg foram embora rapidamente.
Olá! Adorei o post, realmente sinto todos esses sintomas. Estou fazendo a 2 semana e 3 dias, já perdi 3kg é preciso perder 10kg. Meus únicos problemas são que não consigo comer folhas : alface, etc… Não gosto. Estou com medo de estar com algum déficit alimentar necessário para o funcionamento o corpo. Mais quero lhe parabenizar e dizer que me motivou ainda mais! Agora só faltam 7kg aqui ?
2. Inclua carboidrato e gordura no prato - esqueça as dietas da moda que eliminam um grupo alimentar da sua vida. Seu organismo precisa de carboidratos, lipídeos (gordura) e proteínas para funcionar direito. O segredo é escolher direito quais alimentos com esses nutrientes você vai consumir. Prefira as farinhas integrais, os lipídeos ricos em ômegas, como castanhas e abacate, e proteínas magras. “Quando fazemos dietas hiperprotéicas e sem carboidratos, utilizamos o músculo como fonte de energia”, explica a endocrinologista da clínica Nuclehum Flávia Ribeiro Funes.
Ao aumentar a ingestão de líquidos aceleramos o trabalho de eliminação ao mesmo tempo que ajudamos a limpar e eliminar substâncias que ficaram acumuladas dentro do organismo provocando uma sensação de inchaço e que, a longo prazo, além de causar ganho de peso deixam o organismo desprotegido, causam dores de cabeça e no estômago, além de processos alérgicos principalmente a alimentos.
É realmente alarmante o número de pessoas que praticam atividades físicas, se alimentam bem, mas mesmo assim ainda não conseguem atingir o corpo dos seus sonhos. No entanto, o que elas e provavelmente você também não saiba é que existe uma maneira de contribuir para que o processo de emagrecimento seja mais rápido e você consiga atingir, definitivamente, o corpo que sempre sonhou.
×