Querendo emagrecer sem fazer dietas da moda nem exercícios? Claro que existem opções para perder peso como alimentação balanceada, esportes. Mas pode se optar por medicamentos como remédio para emagrecer como a sibutramina, orlistat, liraglutida, anfepramona e outros que ajudam no emagrecimento e inibidor de apetite. Mas cuidado com efeitos colaterais e comprar somente com bula e receita médica ou nutricionista na area da saúde.
Exercícios curtos de alta intensidade, nada mais são, como o nome diz, exercícios intensos realizados em um curto espaço de tempo, com um intervalo de descanso entre as séries. Um exemplo é fazer o Burpee por 1 minuto, descansar por 30 segundos, e fazer outra série de Burpees por mais 1 minuto. É muito importante respeitar o período de descanso, para que os seus músculos possam se recuperar. Assista ao vídeo abaixo e aprenda fazer o burpee passo a passo.

Ao investir em uma dieta vegetariana tradicional, você automaticamente vai passar a ingerir alimentos naturais, que são ricos em nutrientes importantes, como vitaminas e fibras, mas extremamente pobres em calorias, o que vai implicar no emagrecimento. Fazendo essa dieta de forma controlada, você irá começar a perder peso de forma rápida e constante, desde que tenha muita disciplina e não caia nas tentações.

"A autonomia na escolha do que se come nos dias sem jejum, longe das amarras e dos sacrifícios permanentes, é apelativa e motivadora, podendo aumentar o nível de compromisso com a mudança. Do ponto de vista metabólico, tem efeitos positivos a nível da regulação da produção de insulina, uma hormona chave no processo de perda de peso, através da regulação do metabolismo do açúcar e da sua transformação em gordura a nível hepático", explica, no entanto, Miguel Rego.


Mais uma dieta do chá? Sim, mas ela começa com uma notícia surpreendentemente gostosa: o chá de hibisco não é amargo. Tem sabor suave de framboesa – dá até para sentir aquele azedinho da fruta -, além de proporcionar vários efeitos positivos no organismo: estimula a queima de gordura corporal, facilita a digestão, regulariza o intestino e combate a retenção de líquido. Ou seja, é um aliado e tanto na perda de peso.
No entanto, ele tem ponderações. A primeira diz respeito ao tempo de análise: somente um mês. É que em outro trabalho conduzido em seu laboratório, cuja duração foi de oito meses, deu para constatar que a perda de peso veio acompanhada de ameaças à saúde. “Embora magros, os animais do jejum apresentavam mais gordura corporal em relação aos que fizeram a restrição calórica”, informa. Tal característica contribui, por exemplo, para maior resistência à ação da insulina, o que dificulta o aproveitamento do açúcar no sangue e pavimenta o caminho para o surgimento do diabetes tipo 2.
Se o objetivo de jejuar for emagrecer, é importante ter uma alimentação saudável no restante no dia. Se o paciente enfiar o pé na jaca, não adianta ficar horas sem comer. “Criei um conceito chamado alimentação forte para mostrar para as pessoas o que é, de fato, uma alimentação saudável baseada na ciência", fala Polesso. "É necessário excluir da dieta alimentos processados, refinados, açúcares e as gorduras ruins, como óleos vegetais de milho, canola e soja, encontrados na margarina, por exemplo.”

Boa parte das pesquisas realizadas com canela foram com uma quantidade que variou entre 1 e 6 gramas, o equivalente a meia ou até uma colher de chá, ao dia. Como estes valores mudam muito, é interessante consultar um médico ou nutricionista sobre a melhor porção do alimento para cada pessoa. Os chás de canela costumam ser preparados com a canela em pau. Saiba mais sobre chá de canela aqui


Mas a perda de peso nos vegetarianos tem um limite, que depende de cada metabolismo. Isso faz parte de um processo natural do próprio organismo, como lembra o endocrinologista Amelio Godoy-Matos. Quando a pessoa começa a restringir muito a alimentação, o corpo lança contrarreguladores do peso, ou mecanismos de proteção. O mais conhecido é a diminuição da produção de leptina, um hormônio produzido pela gordura corporal e que inibe a fome e aumenta o gasto de energia. Este contra-ataque mantém a fome e a pessoa não consegue sustentar a sua perda de peso.


estou muito desmotivado 🙁 comecei a fazer o jejum intermitente dia 02/10/2018 e estava pesando 84.3 e hoje dia 08/10/2018 (Uma semana dpois de ter começado) fui me pesar e estou pesando 83.90/80, eu faço o de 16Hrs. começo as 21:00 hrs da noite e vou até o 13hrs da tarde do outro dia (dá 16hrs), ai eu almoço (as vezes almoço 14hrs ou 15hrs) e quando da 19hrs da noite eu janto, pq eu emagreci só isso? vi pessoas dizendo q perdeu 1kg em 1 semana!
Para preparar esse chá e aproveitar os benefícios desse chá será necessário, colocar uma xícara de chá no fogo e deixar até que comece a ferver. Quando chegar a esse ponto é preciso desligar o fogo e adicionar uma colher de chá de erva de alecrim e deixar agir por no mínimo 10 minutos. Depois é só coar e beber ainda quente. O ideal é tomar três xícaras de chá por dia.

Esse suco é bastante diurético graças à melancia e ainda funciona como um alimento termogênico, pois acelera o metabolismo. Isso acontece por conta do gengibre, raiz com diversas utilidades medicinais que é capaz de aumentar o gasto calórico em mais de 10%. Outra característica do composto é a desintoxicação do organismo, resultado da ingestão do manjericão.


A gente comemora qualquer diferença na balança quando ela mostra um número menor, mas isso nem sempre quer dizer que você está ficando magra. É melhor tomar cuidado antes de fazer as dietas malucas das revistas porque elas podem não ajudar muito e ainda por cima não ser saudável, ou seja, você não deve apenas se preocupar em perder peso, mas sim também em perder gordura corporal.
O regime contempla dois dias não consecutivos por semana em que se consome um quarto das calorias habituais (500 kcal para as mulheres e 600 kcal para os homens no máximo). E uma adaptação dos padrões de jejum periódico, cuja eficácia o autor diz estar demonstrada e em que não e permitido comer durante 24 horas ou em que, dia sim, dia não, se ingere uma única refeição com poucas calorias.
Já na parte dos exercícios, é importante combinar uma atividade aeróbica, como caminhadas, corridas, natação ou dança, por exemplo, com uma atividade anaeróbica, como musculação, ginástica localizada ou pilates. E em se tratando do tema emagrecimento, as atividades aeróbicas são as mais indicadas e a orientação e acompanhamento de um educador físico também é indispensável para um bom resultado. Dessa forma podemos concluir que o emagrecimento é saudável de fato quando associamos exercícios físicos com reeducação alimentar, combinação obrigatória, e mais trabalhora, que se feita da forma certa ajuda a perder gordura corporal. 

Criada por  Michael Mosley, um médico britânico, esta dieta é baseada na necessidade de se comer pouquíssimas calorias durante 2 dias da semana. Bastante adaptada por outros profissionais, este método pode ser seguido também apenas com a redução de carboidratos, contudo, se você deseja perder cerca de 4kg por mês, seguir a dieta à risca é o mais indicado.
Querendo emagrecer sem fazer dietas da moda nem exercícios? Claro que existem opções para perder peso como alimentação balanceada, esportes. Mas pode se optar por medicamentos como remédio para emagrecer como a sibutramina, orlistat, liraglutida, anfepramona e outros que ajudam no emagrecimento e inibidor de apetite. Mas cuidado com efeitos colaterais e comprar somente com bula e receita médica ou nutricionista na area da saúde.
RIO - Dietas têm muitos nomes, mas a única que leva a uma radical perda de peso é a vegetariana. E isto vale especialmente para quem nunca fez. Esta é a conclusão dos médicos americanos Susan E. Berkow e Neal Barnard, depois de analisarem 40 estudos diferentes relacionando hábitos vegetarianos e massa corporal. Os dois notaram que as mulheres vegetarianas pesam de 6% a 17% menos do que as que são carnívoras. E o mesmo vale para os homens: os que não comem carne são de 8% a 17% mais magros.
Se o objetivo de jejuar for emagrecer, é importante ter uma alimentação saudável no restante no dia. Se o paciente enfiar o pé na jaca, não adianta ficar horas sem comer. “Criei um conceito chamado alimentação forte para mostrar para as pessoas o que é, de fato, uma alimentação saudável baseada na ciência", fala Polesso. "É necessário excluir da dieta alimentos processados, refinados, açúcares e as gorduras ruins, como óleos vegetais de milho, canola e soja, encontrados na margarina, por exemplo.”
Dia 1 – Café da manhã: 1 copo (300 ml) de suco de abacaxi com banana; 1 fatia de pão integral; 1 col. (chá) de geleia de morango sem açúcar; ½ copo (150 ml) de leite desnatado. Lanche: ½ cacho médio de uva-rubi. Almoço: 1 porção de salada camponesa; 1 porção de abóbora com hortelã; 1 porção de crepe de alho-poró e estragão. Lanche: ½ papaia; 1 noz pecã. Jantar: 1 porção de sopa asiática; 1 pizza calzone.

Boa parte das pesquisas realizadas com canela foram com uma quantidade que variou entre 1 e 6 gramas, o equivalente a meia ou até uma colher de chá, ao dia. Como estes valores mudam muito, é interessante consultar um médico ou nutricionista sobre a melhor porção do alimento para cada pessoa. Os chás de canela costumam ser preparados com a canela em pau. Saiba mais sobre chá de canela aqui
×