Deborah Secco, Sabrina Sato, Juliana Paes. O que essas famosas têm em comum, além do corpo seco e definido? Todas elas passaram muitas horas sem se alimentar para alcançar a boa forma. Conhecida como jejum intermitente, essa prática caiu no gosto das celebridades atrás de perder peso em tempo recorde. Mas, apesar de indicado por muitos nutricionistas, o jejum também coleciona críticas e ressalvas.
Quando falamos em emagrecer quase toda a gente pensa em chá verde. Mas poucos sabem que estes três chás vêm da mesma planta, a camellia sinensis. As cores variam de acordo com a forma de cultivo, preparo e armazenamento das folhas. Estes chás são milagrosos! Contêm manganês, potássio, ácido fólico, vitamina C, vitamina K, vitamina B1 e a vitamina B2, grandes quantidades de antioxidantes e cafeína, que aceleram o metabolismo e favorecem a queima de gorduras.
A planta produz frutos vermelhos que lembram grãos de café. Essas plantas crescem na América do Sul e são muito vendidas no Brasil. O Chá de Porangaba é a poção de perda de peso do Brasil, contendo cafeína, alantoína, ácido alantoico e até potássio. É dito que ele ajuda a acelerar a perda de peso, reduz o apetite, age como um diurético e até reduz depósitos de gordura e celulite. A porangaba também reduz o apetite, levando a uma ingestão menor de alimentos. A dose recomendada é o 1 saquinho de chá 30 minutos antes de cada refeição.
O jejum intermitente é o último segredo para fazer com que sua máquina elimine excessos. Mas o especialista alerta que é necessário que isso seja feito com cuidado. “A prática de jejum intermitente pode ser poderosa, mas a prioridade precisa ser nos outros passos anteriores. Só depois de aplicar a alimentação correta é que o jejum pode ser feito de forma gradual e correta”, comenta Polesso, destacando que esse processo possibilida que o corpo acesse as gorduras extras como forma de energia, ajustando as engrenagens do metabolismo e permitindo que ele funcione corretamente.
— Por não consumirem produtos de origem animal, vegetarianos não comem gordura saturada e, portanto, acumulam menos calorias. Para ter ideia, um grama desse nutriente tem 9kcal. Vegetarianos ainda comem mais fibras de frutas, legumes, verduras, cereais integrais e leguminosas; e as fibras saciam. Então a ingestão de calorias total do dia é pouca — explica Marcela. — Um fato que sempre achei, e que o artigo mostra, é que vegetarianos são mais preocupados com a qualidade de vida. Isso também ajuda a emagrecer.
A privação de comida não chega a ser uma novidade, apesar de soar assim. Por motivos de escassez, lá no tempo das cavernas, ou por razões religiosas, o homem foi (e ainda é) constantemente desafiado pelo jejum. Basta pensar no mês do Ramadã, quando os muçulmanos ficam sem comer desde o amanhecer até o pôr do sol durante cerca de 30 dias. Os cientistas, sempre curiosos, estão há décadas de olho nos efeitos da abstinência alimentar.
"Nós fizemos uma estimativa do efeito sobre o peso corporal, quando as dietas vegetarianas são prescritas", dizem os pesquisadores que analisaram as alterações no peso corporal em grupos de controle que receberam tratamentos para emagrecer, com a prescrição destas dietas, e nos grupos que não receberam esta recomendação, usando um modelo de efeitos aleatórios para estimar a diferença média de peso. "Não houve diferença significativa na perda de peso entre os estudos que analisaram os ovo-lacto-vegetarianos, daqueles em dietas veganas", acrescentam.
É totalmente possível comer de 60 a 100 gramas de proteínas por dia em uma dieta vegetariana rica em proteínas. Se você escolher esse tipo de regime alimentar, você pode esperar que irá se sentir mais cheio de energia, mais focado e ter menos apetite ao mesmo tempo. Uma dieta livre de carne também diminui os riscos de doenças do coração, diabetes, obesidade e certos tipos de câncer.
Agora, a pergunta que você pode fazer é, se isso funciona? A resposta é um plano de dieta vegetariana por uma semana, mas só funciona quando combinado com exercícios regulares e exercícios. Você precisa queimar as calorias extras ao mesmo tempo. Outro benefício da dieta vegetariana é o consumo de calorias, em vez de menos calorias. Todos os alimentos vegetarianos ricos em proteínas, frutas e legumes são baixos em calorias, em comparação com não-veg dieta alimentar, facilitando, assim, mais rápida perda de peso.
Cuando fui a visitarme con la dietista, solo quería bajar un poco de barriga, pero ella me explicó que bajar la cintura a menos de 94 cm lograría mejorar mi analítica (colesterol y triglicéridos), la tensión arterial y disminuir el riesgo cardiovascular y entonces entendí la importancia de comer bien. Así que ahora sigo sus pautas y creo realmente que he logrado cambiar de hábitos. Además, tengo menos acidez y mejores digestiones. Gracias, Marisa.

Ao investir em uma dieta vegetariana tradicional, você automaticamente vai passar a ingerir alimentos naturais, que são ricos em nutrientes importantes, como vitaminas e fibras, mas extremamente pobres em calorias, o que vai implicar no emagrecimento. Fazendo essa dieta de forma controlada, você irá começar a perder peso de forma rápida e constante, desde que tenha muita disciplina e não caia nas tentações.


Vegetarianos ainda são suscetíveis à exposição aos pesticidas que os fazendeiros usam em suas plantações. Você pode limitar sua exposição comprando produtos orgânicos e cultivando seus próprios alimentos no jardim. Se você escolher produzir seus próprios vegetais ou cuidar de suas próprias galinhas (fora da dieta vegetariana), você também vai experimentar uma grande diminuição na sua conta do supermercado.
Sabrina Sato passou 14 horas sem comer para estar em forma no Carnaval. A atriz Deborah Secco chegou a ficar 23 horas em jejum para perder o peso que ganhou na gravidez. Passar alguns períodos de tempo sem comer é visto com bons olhos por nutricionistas e especialistas da área, que têm sugerido aos seus pacientes períodos de jejum intermitente, seja para perder peso, realizar um detox e até mesmo para ter uma melhor qualidade de vida.
Guilherme Giorelli é nutrólogo e médico do esporte e exercício. Fellow do International College for Advancement of Nutrology e com mestrado em vitamina D, ele organiza eventos como diretor científico da Associação Brasileira de Nutrologia do Rio de Janeiro (ABRAN-RJ), além de ministrar aulas e palestras. Seu dia a dia, porém, é o atendimento de pacientes que buscam cuidar da saúde por meio da alimentação e do exercício.
No entanto, ele tem ponderações. A primeira diz respeito ao tempo de análise: somente um mês. É que em outro trabalho conduzido em seu laboratório, cuja duração foi de oito meses, deu para constatar que a perda de peso veio acompanhada de ameaças à saúde. “Embora magros, os animais do jejum apresentavam mais gordura corporal em relação aos que fizeram a restrição calórica”, informa. Tal característica contribui, por exemplo, para maior resistência à ação da insulina, o que dificulta o aproveitamento do açúcar no sangue e pavimenta o caminho para o surgimento do diabetes tipo 2.
Em alguns casos, o especialista aconselha corrigir a alimentação antes de fazer o jejum intermitente. “Há pessoas que se alimentam de maneira incorreta há muito tempo e, quando começam a jejuar, se sentem para baixo, com fome e acabam condenando o método. Mas a culpa, nesses casos, é da alimentação. Antes do jejum ou ao mesmo tempo, é preciso adotar hábitos saudáveis.”
abóbora acompanhamentos amêndoa antioxidantes arroz avelâ azeite bacalhau bolos e bolachas carne chocolate coco couve-flor curgete diabetes dieta entradas farinha de coco frango frutos vermelhos gorduras hipertensão arterial hormonas Insulina lanche leite de coco linhaça low carb manteiga mitos Natal noz ovos paleo pequeno-almoço perda de peso proteína pão refeição principal saudável sem glúten sobremesas sono sopas óleo de côco
Boa noite! Comecei o jejum ha tres dias, e para meu espanto, esta indo tudo muito tranquilo. Nunca imaginei que eu conseguisse ficar 16 horas sem comer! Fazen tres dias que nao me sinto estressada e nem com dor de cabeca! Estou muito feliz, comecei pesando 84k, minha meta é emagrecer 10k e nao engordar mais! Agradeço pela materia e depois conto os resultados.

A planta produz frutos vermelhos que lembram grãos de café. Essas plantas crescem na América do Sul e são muito vendidas no Brasil. O Chá de Porangaba é a poção de perda de peso do Brasil, contendo cafeína, alantoína, ácido alantoico e até potássio. É dito que ele ajuda a acelerar a perda de peso, reduz o apetite, age como um diurético e até reduz depósitos de gordura e celulite. A porangaba também reduz o apetite, levando a uma ingestão menor de alimentos. A dose recomendada é o 1 saquinho de chá 30 minutos antes de cada refeição.


En los tiempos actuales, las calorías que ingerimos sólo para obtener nuestra cafeína por la mañana están causando estragos en nuestra cintura. Si tiene la intención de guardar estas mega-calorías en la mañana, pero aún así obtener su solución de cafeína, trate de sustituir el té verde por el café. Definitivamente habrá diferencia en su cintura en unas pocas semanas.


O melhor de tudo é que a dieta vegetariana é livre de riscos. Não existem riscos para a saúde conhecido ligados ao vegetarianismo, e na verdade, muitos dos que são percebem uma melhora de sua saúde, principalmente na sua saúde cardiovascular e diabética. A Dieta Vegetariana busca ser uma mudança de estilo de vida, ao invés de uma solução temporária para perder peso.
Meio Ambiente: Sua temperatura corporal é estritamente regulada pelo hipotálamo em seu cérebro. Este termostato interno recebe sinais de receptores ao redor do seu corpo que detectam a temperatura. Quando a temperatura do seu corpo começa a diminuir, por exemplo, em resposta a temperaturas frias, o hipotálamo envia um sinal para os músculos se contraírem. Essas contrações musculares, ou tremores, ajudam a produzir calor e aquecer seu corpo. Assim, expor-se a um clima frio pode impulsionar o seu metabolismo através da termogênese.
Engana-se quem pensa que os chás, por serem naturais, não oferecem riscos à saúde se consumidos de forma errada. “O consumo exagerado dos chás sem orientação pode causar hipertensão ou hipotensão arterial, arritmia cardíaca, insônia ou gastrites. Alguns chás não devem ser consumidos por gestantes ou lactantes. Por isso, é interessante a prescrição de médico ou nutricionista antes de consumi-los”, lembra a nutricionista Sabrina.
×