Essa é a questão real. Não há dúvida de que jejuar cause perda de peso por restrição calórica. Obviamente, quando você não come nada, seu corpo se volta para as próprias reservas de energia - reservas que ocupam espaço e tem massa. O esgotamento dessas reservas reduz a massa e por conseguinte, o peso. Restrição calórica total e absoluta. Essa é a razão elementar e os estudos dos anos 60 demonstram isso.
Aproximadamente 60% dos brasileiros estão acima do peso de acordo com dados do IBGE  e os percentuais estudados estão crescendo em um ritmo acelerado. O aumento de peso inicia na faixa de 25 a 29 anos e tem um pico na faixa de 55 a 64 tanto para homens como mulheres, mas os adolescentes e crianças não ficam de fora. Para reverter essa situação muitas pessoas apostam numa alimentação diferenciada e auxiliares na perda de gordura, como os chás para emagrecer.

Além dos benefícios para a saúde, vegetarianos também têm o benefício adicional de se sentir bem sobre suas escolhas alimentares. Muitos vegetarianos escolhe esse estilo de vida devido à sua aversão ao modo como a animais que fornecem a carne comercial são criados e mortos. A consciência das condições das fazendas gerou um surto de jovens adultos que estão escolhendo parar de comer carne para acalmar suas cinturas, assim como suas consciências.
O chá de cúrcuma pode ser um dos chás para acelerar o metabolismo e prevenir o acúmulo de gordura nos tecidos adiposos e outros órgãos. Isso pode evitar mais ganho de peso em pessoas com sobrepeso ou obesas. Além disso, o chá de cúrcuma tem ação termogênica, o que aumenta a taxa metabólica no corpo para queimar as calorias, promovendo a perda de peso.
Uma barriga saliente é uma das maiores causas de vergonha e frustação para as pessoas na atualidade. E quem não quer encontrar formas de se livrar dela o mais depressa possível, não é mesmo? Para ontem, de preferência. Mas embora seja algo desejável, a verdade é que não se trata de uma tarefa tão fácil assim. Há sim a possibilidade de perder barriga em uma semana (não toda, é claro, especialmente dependendo do tamanho dela), mas isso exige bastante esforço e disciplina para utilizar os meios certos e da maneira certa. Como fazê-lo?
- O gasto calórico de repouso, o metabolismo basal, isto é, o que queimamos sem fazer nada, varia de acordo com genética, idade, peso e massa muscular. Porém a digestão do vegetariano costuma ser acelerada porque ele ingere menos gorduras e mais fibras, e segue uma dieta fracionada, comendo poucas porções em intervalos menores no dia. E come alimentos de alta densidade nutricional e baixas calorias.

Rodrigo Polesso conta que um dos passos seguintes é fazer com que os músculos se tornem mais sensíveis à insulina. “É um ponto adicional ao processo de melhoria da saúde”, conta. “A prática de exercícios físicos corretos, principalmente os de resistência (que trabalham os músculos), vai fazer com que eles fiquem mais sensíveis à insulina, absorvam melhor a glicose e também passem a ajudar a diminuir a gordura de forma natural”, explica.


Comecei na segunda feira dia 10/07 a fazer o jejum intermitente (16h de jejum e 8h de alimentação) e no mesmo voltei a praticar musculação e passei a inserir mais proteína, vegetais e frutas na minha alimentação assim como certos carboidratos antes do treino (batata doce, tapioca e até arrisquei macarrão na quarta feira). Bom o resultado inicial é que em 4 dias eu eliminei 1Kg (de 81Kg estou com 80Kg).
Recomiendo a Vanesa al 100%. En mi caso, he perdido peso sin pasar nada de hambre, simplemente cambiando hábitos y eliminando alimentos de mi dieta que no me hacían ningún bien pero no conseguía dejar de comerlos, tras varios días sin probarlos volvía a caer. Es más, he perdido peso comiendo más cantidad de lo que comía antes. Ahora tengo una “dieta” que se quedará conmigo para siempre, pues no es una dieta, es un hábito. Vanesa es muy flexible y si hay algo que no te gusta te lo cambia por otra cosa similar sin problema. Realmente ha sido muy fácil. También he notado cuando voy a comprar y miro el cesto, que compro muchísimo mejor, todo saludable, y todo gracias a ella.
“A dieta vegetariana provou ser a mais efetiva para a perda de peso. Nós mostramos que uma dieta vegetariana é mais efetiva na redução da gordura e, portanto, acelera o metabolismo. Esse achado é importante para quem está tentando perder peso, inclusive quem sofre de síndrome metabólica ou diabetes tipo 2. Mas é também relevante a todos que queiram cuidar do peso corporal e manter-se saudáveis”, diz em comunicado Hana Kahleová, diretora de pesquisa clínica do Comitê Médica para Medicina Responsável em Washington, Estados Unidos, e autora principal do estudo.
A preferência é que coma normalmente nesse período, e o melhor é que o seu normal seja uma alimentação bastante saudável. Ainda assim, os estudos mencionados simplesmente não controlavam a alimentação das pessoas no período em que podiam comer. Se as pessoas comiam muito, pouco ou normal, é impossível saber. O fato é: as pessoas estavam livres para comer como quisessem na fase de alimentação, e os resultados foram positivos.
Os iniciantes ao jejum não precisam de se preocupar: o corpo adapta-se rapidamente a períodos de fome natural e mobiliza reservas em órgãos e tecidos corporais. A energia armazenada no tecido adiposo pode ser quebrada rapidamente, sem necessidade de um fornecimento constante de alimentos. Quando comemos muitas vezes, o corpo “desaprende”, fazendo com que a fome pareça mais intensa do que é para quem tem experiência em alimentar-se por intervalos.

"Temos reserva de gordura no organismo, portanto, é um tecido que pode ser perdido em um percentual adequado, melhorando a saúde e a estética corporal", explica a nutricionista. E o ideal é que as pessoas percam até 4kg de gordura por mês, assim não será preciso uma dieta muito restritiva e será muito mais fácil a adesão e manutenção dessa reeducação alimentar, além de não desequilibrar o metabolismo.
Em conclusão, se já tivesse sido descoberto o método ideal de perda de peso, não continuaríamos em busca de novas abordagens. O essencial neste objectivo é que opte pela solução que melhor sirva a sua motivação, a sua preferência e a sua capacidade de a cumprir, pois os resultados poderão, na maioria dos casos, ser muito semelhantes entre as várias opções.
No caso da dieta com jejum em dias alternados, nos dias de jejum (1 ou 2 dias por semana) é permitido que a pessoa ingira entre 500 ou 600 calorias (cerca de 75% de restrição calórica), consoante é mulher ou homem, respetivamente, e nos restantes dias pode comer “livremente”. Entenda-se que este “livremente” deve sempre seguir algumas regras e sobretudo haver bom senso e equilíbrio, pois nos dias de jejum há muitos nutrientes essenciais que não são ingeridos e que devem ser repostos nos dias de não-jejum (vitaminas, proteínas, minerais, gorduras essenciais e fibra). Também é de reforçar que em todos os dias do plano, a hidratação se reveste de especial importância, pois, se nos dias de jejum ajuda não só a hidratar mas também a mascarar a sensação de fome, nos restantes dias auxilia na reposição do funcionamento ótimo do organismo.
Ao não receber energia dos alimentos, para se manter funcionando, o organismo busca seu combustível em reservas de glicose no fígado e nos músculos. A questão é que essas reservas acabam em 12 horas e, a partir daí, o corpo começa a perder massa muscular. Quando acompanhado por um profissional, ele ajustará a ingestão proteica na dieta, fornecendo o suporte nutricional necessário para evitar essa perda.
Ciclo de carboidratos. A ciência por trás dessa linha, que é conhecida entre os adeptos como “ciclar carboidratos” é ter alguns dias na dieta com poucos carboidratos (cerca de 2 gramas por quilo de peso corporal) para fazer seu corpo entrar em estado de queima de gordura catabólico. Os dias de maior ingestão de carboidratos fazem o metabolismo acelerar, pois sem eles o processamento começa a parar.[3]
— Por não consumirem produtos de origem animal, vegetarianos não comem gordura saturada e, portanto, acumulam menos calorias. Para ter ideia, um grama desse nutriente tem 9kcal. Vegetarianos ainda comem mais fibras de frutas, legumes, verduras, cereais integrais e leguminosas; e as fibras saciam. Então a ingestão de calorias total do dia é pouca — explica Marcela. — Um fato que sempre achei, e que o artigo mostra, é que vegetarianos são mais preocupados com a qualidade de vida. Isso também ajuda a emagrecer.
Com sua dieta em mãos, os exercícios cardiovasculares podem acelerar a queima de gordura, utilizando-se das calorias extras. No entanto, se você se empolgar muito com eles podem prejudicar o seu progresso. Excesso de atividade cardio pode auxiliar em uma perca muscular grande. Além disso, a atividade vai fazer você se sentir mais esgotado e cansado!

Este mito decorre da constatação de que quando há restrição calórica diária há uma redução da taxa metabolica basal (TMB), e pelo contrário a sobre-alimentação leva ao seu aumento. Só que nada disso acontece no jejum. Pelo contrário, a TMB aumenta, o que faz sentido do ponto de vista de sobrevivência. Passamos a usar a gordura que fomos armazenando, e dispomos assim de altos níveis de energia que nos permitem procurar mais alimento.7
Dieta Vegetariana: A Dieta Vegetariana é bastante restritiva, você terá que mudar radicalmente seus hábitos alimentares. Lembre-se que muitos alimentos como bolos, tortas, biscoitos podem apresentar em sua composição algum alimento de origem animal, ou seja, quem está seguindo essa dieta, não poderá ingeri-los. Você está preparado para deixar de comer alimentos que gosta?
Mais uma dieta do chá? Sim, mas ela começa com uma notícia surpreendentemente gostosa: o chá de hibisco não é amargo. Tem sabor suave de framboesa – dá até para sentir aquele azedinho da fruta -, além de proporcionar vários efeitos positivos no organismo: estimula a queima de gordura corporal, facilita a digestão, regulariza o intestino e combate a retenção de líquido. Ou seja, é um aliado e tanto na perda de peso.
Gorduras puras como manteiga e óleo de coco podem ser adicionadas ao café, pela manhã, para ajudar na sensação de saciedade durante o jejum. "Mas não pode exagerar caso o objetivo seja perder peso”, alerta o especialista. "O paciente não deve tomar óleo de coco e manteiga em excesso porque o corpo irá queimar essa gordura antes de queimar a do próprio corpo. Tudo tem que ser ponderado. O ideal mesmo é beber o líquido puro."

Com base nos resultados, a dieta vegetariana pode fazer perder duas vezes mais peso do que uma dieta somente de restrição calórica. Na dieta vegetariana, 60% das calorias vieram de carboidratos, 15% de proteínas e 25% de gordura. Já na convencional dieta antidiabética, 50% vieram de carboidratos, 20% de proteínas e 30% de gorduras, limitando as saturadas em 7%.


Assim que ele percebeu que estar acima do peso era uma escolha, algo o chamou a atenção e Kevin foi capaz de se concentrar em perder peso de uma forma que ele nunca havia feito antes. Quando começou, em agosto de 2016, ele cortou todos os carboidratos processados e comia cerca de 1.700 calorias por dia, que rastreava com um aplicativo de perda de peso. Os primeiros 20 kg foram embora rapidamente.
A turma da barriga vazia seguiu um modelo assim: no dia da privação, devia consumir 25% das necessidades calóricas. Complicou? Bem, vamos supor que, normalmente, esses indivíduos pudessem ingerir 2 mil calorias. Então, no jejum, teriam à disposição somente 500 calorias. Por outro lado, no dia seguinte estavam liberados para chegar a 125% das suas necessidades calóricas, isto é, 2 500 calorias. Em resumo: ora comiam míseras 500 calorias, ora se refestelavam com cinco vezes mais do que isso. Já entre a parcela que passou pela restrição clássica, a orientação foi cortar, todos os dias, 25% das necessidades calóricas habituais – seria o equivalente a comer 1 500 calorias em vez de 2 mil.
Mas, se feita com o acompanhamento de um nutricionista, a dieta vegetariana fará com que você perca peso rapidamente e irá diminuir a chance de desenvolver problemas como diabetes, hipertensão, colesterol alto, entre outras doenças. Não deixe de ir ao profissional, pois, sem a suplementação adequada (como vitaminas, ferro e cálcio), essa dieta pode ser um risco à saúde!

English: Decrease Body Fat Percentage, Italiano: Diminuire la Percentuale di Massa Grassa, Deutsch: Körperfett Anteil reduzieren, Français: faire diminuer son indice de masse grasse, Русский: уменьшить процент жира в теле, 中文: 降低体脂率, Español: reducir el porcentaje de grasa corporal, Nederlands: Je vetpercentage verminderen, Bahasa Indonesia: Menurunkan Persentase Lemak Badan, Čeština: Jak snížit poměr tělesného tuku, العربية: تقليل نسبة الدهون بالجسم, Tiếng Việt: Giảm tỷ lệ mỡ toàn thân, 한국어: 체지방 비율 낮추는 법
Existem vários protocolos de jejum: curtos (<24h) , prolongados (>24h) e até mais extensos (>3 dias). Pretendendo ser uma arma terapêutica simples, o período de jejum deve ser adaptado à situação clínica e também enquadra-se no quotidiano e preferências individuais. Ao contrário de seguir recomendações alimentares complicadas, fazer jejum é simples, económico, flexível e conveniente. Uma dica muito simples é jantar mais cedo, e sem qualquer esforço garantir pelo menos as 12h de jejum noturno.
De acordo com um novo estudo, publicado no ‘Journal of the American College of Nutrition’, essa alimentação acelera o metabolismo reduzindo fatores de risco da síndrome metabólica (conjunto de fatores de risco, essencialmente cardiovasculares, que têm por base a obesidade abdominal) e diabetes tipo 2, assim como contribui para o alcance da perda de peso almejada, melhora o controle da glicemia e aumenta a sensibilidade à insulina.
— O gasto calórico de repouso, o metabolismo basal, isto é, o que queimamos sem fazer nada, varia de acordo com genética, idade, peso e massa muscular. Porém a digestão do vegetariano costuma ser acelerada porque ele ingere menos gorduras e mais fibras, e segue uma dieta fracionada, comendo poucas porções em intervalos menores no dia. E come alimentos de alta densidade nutricional e baixas calorias.
É fundamental trocar periodicamente de treino, seja mudando completamente de exercícios ou aumentando a intensidade das séries que você já está acostumado a fazer, pois o seu corpo possui uma alta capacidade de adaptação. Se está a mais de um mês fazendo os mesmos exercícios todos os dias, você pode correr o risco de entrar num efeito platô e não conseguir queimar gordura corporal ou perder peso. Mantenha um diário de treino, para ter o controle dos exercícios que você faz mais frequentemente.
“A dieta vegetariana provou ser a mais efetiva para a perda de peso. Nós mostramos que uma dieta vegetariana é mais efetiva na redução da gordura e, portanto, acelera o metabolismo. Esse achado é importante para quem está tentando perder peso, inclusive quem sofre de síndrome metabólica ou diabetes tipo 2. Mas é também relevante a todos que queiram cuidar do peso corporal e manter-se saudáveis”, diz em comunicado Hana Kahleová, diretora de pesquisa clínica do Comitê Médica para Medicina Responsável em Washington, Estados Unidos, e autora principal do estudo.
É muito fácil preparar o chá verde, mas há alguns segredinhos importantes para você preservar os princípios ativos da erva. Vamos lá: coloque a água para ferver e assim que surgirem as primeiras bolhas de ar (antes de começar para valer o processo de ebulição), apague o fogo. Acrescente a erva (o ideal são 2 colheres de sopa para 1 litro de água, mas comece com apenas 1 colher, pelo menos até você se acostumar com o sabor do chá) e abafe por 2 ou 3 minutos. Depois é só coar e tomar.
Neste momento as leitoras devem estar a pensar que o autor ou é doido ou ignorante, mas na realidade o nosso organismo tem de obter regularmente dois tipos de gordura que não consegue fabricar e que são necessários para um correcto funcionamento do mesmo, incluindo a manutenção de um nível de gordura corporal baixo. Assim, temos de ingerir ácido linoleico (da família Omega 6) e ácido alfa linolenico (da família Omega 3).
Para chegar a essa conclusão, pesquisadores da Universidade de Surrey, na Inglaterra, analisaram o impacto da dieta 5:2 – que consiste em comer normalmente cinco vezes por semana e ter uma alimentação muito restritiva duas vezes – na capacidade de metabolismo do corpo e na predisposição do organismo limpar a gordura e a glicose após uma refeição, em comparação com as dietas convencionais.
A pesquisa analisou 74 participantes com diabetes tipo 2, que eram divididos em dois grupos: quem seguiu uma dieta vegetariana, composta principalmente de frutas, grãos, vegetais e nozes, sendo que o único produto de origem animal era um iogurte desnatado, por dia; e quem seguiu uma dieta de baixa caloria tradicional, que não impactava na doença crônica. O estudo acompanhou os participantes durante seis meses e a ideia inicial era ver o impacto dessas dietas na saúde dos diabéticos.
Este chá para além de ajudar no emagrecimento, ajuda na desintoxicação do organismo! Ele acelera o metabolismo e colabora na digestão de gorduras. Óptimo para quando fazem uma refeição mais pesada! As folhas de alcachofra são o ingrediente perfeito para limpar essas gorduras. Basta ferver 1l de água e com o fogo já apagado, acrescentem 1 xícara de folhas de alcachofra. Depois deixem descansar por dez minutos. Coem e bebam até três xícaras deste chá por dia.
×