Comer o que quiser durante cinco dias e depois jejuar em dois dias não consecutivos. A proposta é de "A Dieta dos 2 Dias", livro publicado em Portugal pela Lua de Papel ou «Fast Diet» [dieta rápida em tradução literal], o nome original em inglês, também conhecida como Dieta 5:2, como a definem alguns especialistas. Criada por Michael Mosley, um produtor da BBC com formação em medicina, é apresentada como "uma estratégia sustentável para uma vida saudável e longa".


Anis estrelado, o fruto de uma pequena árvore verde nativa da china, pode ser usado no tratamento de problemas digestivos como diarreia, náusea, etc. Uma pessoa pode beber esse chá ao colocar uma vagem inteira dele em uma xícara de água quente por 10 minutos. Escorra a água e adoce se necessário. Beba devagar quando tiver problemas estomacais. Esse é um dos ótimo chás para emagrecer e perder a barriga, já que alguns problemas de digestão podem ser os responsáveis por uma barriguinha mais saliente.
O chá pode ser consumido quente ou frio, nos intervalos das refeições. Evite ingerir a bebida durante as refeições, pois os taninos presentes nela irão atrapalhar a absorção de algumas substâncias, especialmente o ferro e aminoácidos. Não beba o chá preto durante noite porque a cafeína presente na bebida pode dificultar o sono. Quem tem insônia deve tomar a última xícara até às 17:00. Saiba mais sobre chá preto aqui.
A pesquisa analisou 74 participantes com diabetes tipo 2, que eram divididos em dois grupos: quem seguiu uma dieta vegetariana, composta principalmente de frutas, grãos, vegetais e nozes, sendo que o único produto de origem animal era um iogurte desnatado, por dia; e quem seguiu uma dieta de baixa caloria tradicional, que não impactava na doença crônica. O estudo acompanhou os participantes durante seis meses e a ideia inicial era ver o impacto dessas dietas na saúde dos diabéticos.

A maior parte das pessoas pensa que o treino cardiovascular de baixa intensidade (como caminhar) e de longa duração (superior a 45 minutos) é o mais eficaz para perder gordura. Os principais nutrientes utilizados durante o exercício são a glicose (açúcar) e os ácidos gordos (gorduras). Efectivamente, este tipo de exercício utiliza maior quantidade de ácidos gordos em relação à glicose. Não obstante, a quantidade total de energia gasta (calorias) é pequena.


É preciso ter extremo cuidado para aliar o jejum ao exercício. O ideal seria que os períodos de jejum ao longo do dia estivessem distantes dos momentos reservados para a atividade física, já que essa dieta prejudica a oferta de energia necessária para realizar  um exercício e mesmo para se recuperar depois dele. Além disso, por lógica, uma dieta muito restritiva ou de período prolongado acaba comprometendo a ingestão de alguns nutrientes, o que estimula a perda de massa magra --isto é, de musculatura.
Outra teoria é de que a magreza de uma pessoa tenha relação com o tipo de gordura que se acumula no intestino. Existem dois tipos de gordura: a branca e a marrom. A branca, geralmente, provém de alimentos de origem animal e em excesso ajudam a criar os pneuzinhos. Para reduzi-la naturalmente é preciso utilizar técnicas para eliminar gordura abdominal.
RIO - Dietas têm muitos nomes, mas a única que leva a uma radical perda de peso é a vegetariana. E isto vale especialmente para quem nunca fez. Esta é a conclusão dos médicos americanos Susan E. Berkow e Neal Barnard, depois de analisarem 40 estudos diferentes relacionando hábitos vegetarianos e massa corporal. Os dois notaram que as mulheres vegetarianas pesam de 6% a 17% menos do que as que são carnívoras. E o mesmo vale para os homens: os que não comem carne são de 8% a 17% mais magros.
Jejuar aumenta as catecolaminas, tanto adrenalina (epinefrina) quanto noradrenalina (norepinefrina). Ambas catecolaminas aumentam o gasto de energia em repouso durante um jejum, e adivinhe onde o seu corpo em jejum encontra energia para gastar ? Da gordura corporal. As catecolaminas ativam a lipase sensível a hormônios presente no tecido adiposo, acelerando a liberação da dita gordura. Isso faz sentido intuitivamente, não é ? Se você está com fome, na natureza, você precisa caçar (ou coletar, ou pescar, ou procurar comida de alguma maneira) e você precisa de energia para fazer isso. As catecolaminas ajudam a prover um pouco dessa energia enquanto queimam gordura no processo.
Ao investir em uma dieta vegetariana tradicional, você automaticamente vai passar a ingerir alimentos naturais, que são ricos em nutrientes importantes, como vitaminas e fibras, mas extremamente pobres em calorias, o que vai implicar no emagrecimento. Fazendo essa dieta de forma controlada, você irá começar a perder peso de forma rápida e constante, desde que tenha muita disciplina e não caia nas tentações.
A proteína alimenta os músculos e ajuda a construir mais massa muscular magra. Pois é processada mais lentamente do que os hidratos de carbono, ajuda você a se sentir saciado por mais tempo, então você comer menos. Ele também dá energia sustentável ao longo do dia, é por isso que os atletas escolher para comer proteína durante a maratona de corridas para manter seus níveis de energia elevados.
A refeição preferida dos brasileiros, composta por arroz, feijão, carne vermelha, café e pão francês — como mostrou a Pesquisa de Consumo Alimentar Pessoal no Brasil (IBGE) — está na berlinda: o novo “Prato da Alimentação Saudável” da Universidade de Harvard, lançado esta semana, condena o cardápio nacional. Os americanos privilegiam a dieta rica em grãos integrais, gorduras e proteínas saudáveis, o que quer dizer que os brasileiros estão comendo mais e mal, já que também adoram carboidratos refinados como lasanha, pizza e batata-frita, que só fazem engordar.

Tenho 34 anos, sou vegetariano desde os 17. Naquela época os vegetarianos aderiam a um estilo de vida e não apenas a uma dieta. Sou professor de Ensino Médio e percebo que vários de meus alunos “entraram nessa onda”, mais por modismo do que por consciência. Não comer carne é um bom começo, mas não adianta ter dez bolsas, dezenas de sapatos e tênis (tudo de couro) e dizer que não come carne por pena dos animais. O vegetariano tem antes que aderir a um estilo de vida simples e ecologicamente responsável ou, então, tudo é moralismo barato.
A maior parte das pessoas pensa que o treino cardiovascular de baixa intensidade (como caminhar) e de longa duração (superior a 45 minutos) é o mais eficaz para perder gordura. Os principais nutrientes utilizados durante o exercício são a glicose (açúcar) e os ácidos gordos (gorduras). Efectivamente, este tipo de exercício utiliza maior quantidade de ácidos gordos em relação à glicose. Não obstante, a quantidade total de energia gasta (calorias) é pequena.
Já na parte dos exercícios, é importante combinar uma atividade aeróbica, como caminhadas, corridas, natação ou dança, por exemplo, com uma atividade anaeróbica, como musculação, ginástica localizada ou pilates. E em se tratando do tema emagrecimento, as atividades aeróbicas são as mais indicadas e a orientação e acompanhamento de um educador físico também é indispensável para um bom resultado. Dessa forma podemos concluir que o emagrecimento é saudável de fato quando associamos exercícios físicos com reeducação alimentar, combinação obrigatória, e mais trabalhora, que se feita da forma certa ajuda a perder gordura corporal. 

Graduada pela USP, é especialista em saúde pública e mestre em gestão da clínica. Possui experiência em palestras e grupos educativos focados na prevenção e tratamento das doenças crônicas não transmissíveis e em atendimentos individuais personalizados. Apaixonada pela profissão, por novas experiências culinárias e por tudo o que leva a um estilo de vida saudável. Praticante de exercícios funcionais, Pilates e corrida nas horas vagas.
Este chá para além de ajudar no emagrecimento, ajuda na desintoxicação do organismo! Ele acelera o metabolismo e colabora na digestão de gorduras. Óptimo para quando fazem uma refeição mais pesada! As folhas de alcachofra são o ingrediente perfeito para limpar essas gorduras. Basta ferver 1l de água e com o fogo já apagado, acrescentem 1 xícara de folhas de alcachofra. Depois deixem descansar por dez minutos. Coem e bebam até três xícaras deste chá por dia.
Os pesquisadores acompanharam 74 pessoas com diabetes tipo 2. Os participantes foram divididos em dois grupos que receberam diferentes dietas, sendo elas uma típica dieta antidiabética, seguindo recomendações da Associação Europeia para o Estudo de Diabetes (EASD), e uma dieta vegetariana. A segunda opção consistia em frutas, vegetais, nozes, sementes, grãos e legumes, com produtos animais limitados a uma porção diária de iogurte com baixo teor de gordura.
Após anos me alimentando de três em três horas vi o ponteiro da balança estacionar e não sair mais do lugar. Decidi então partir para o jejum intermitente, e essa foi a melhor decisão que poderia ter tomado. Emagreci, não sinto que eu tenha ficado flácida e também não passei fome. Optei pelo método 16/8 e 18/6, mantive a musculação 3x por semana, me alimentei bem e não deixei a minha tacinha de vinho tinto de lado????. Recomendo o método para todos aqueles que querem se livrar da escravidão da marmita.

Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!


Os programas dos Moinhos Velhos não foram criados especificamente para perder peso. O nosso programa de jejum de sumos com Yoga, Meditação e Terapias Holisticas é dirigido á desintoxicação e purificação do Corpo, da Mente e do Espírito. Nós não podemos garantir a quantidade de peso que se poderá perder, mas podemos garantir que se irá livrar de grandes quantidades de toxinas acumuladas e de mucos.

Outro benefício proporcionado pelo jejum é a autofagia - a reciclagem das células mortas -, tema que garantiu o prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia ao cientista Yoshinori Ohsumi em 2016. O pesquisador japonês estudou o processo de reciclagem das células quando a pessoa está em jejum. “Pode-se dizer que é uma espécie de ‘limpeza’ para se certificar de que o corpo está funcionando bem”, afirma Polesso.
Hola , yo sólo puedo aportar mi testimonio como vegetariana durante dos años , para mi ha sido un desastre total . Ya tenía sobrepeso cuando me hice vegetariana , al comenzar pensaba que sin duda era la manera más sana de alimentarse y crei corroborarlo al adelgazar 13 kg los 4 primeros meses . Mi primer problema fue la falta de calcio que me provoco una irritación en el nervio óptico , después trastornos del sueño por falta de tryptophano todo ello diagnosticado por un experto , antes de saber que yo era vegetariana el experto me dijo que los problemas venían de la alimentación . Después la recuperación del peso perdido fue breve . En definitiva un fiasco . Llevo dos meses siguiendo tu blog , al principio me generaba desconfianza pero había tanta ya información en el , que pensé que por intentarlo no perdía nada . A día de hoy mi perdida de peso está siendo lenta y progresiva pero lo mejor es que no me encuetro con más energía , no tengo hinchazón como sufría antes , no tengo hambre en absoluto y en fin estoy bastante contenta .
"Segunda a medicina oriental, a água quente ajuda na digestão dos alimentos e a eliminar toxinas do organismo. Por isso mesmo, o ideal seria ingerir um pouco de água quente após as refeições e logo ao acordar", conta Sara. A água quente em jejum ajuda no funcionamento metabólico e a equilibrar a temperatura do corpo, que fica abaixo do normal quando acordamos.
Proteína de nozes, manteigas, de soja e de baixa gordura produtos lácteos para uma dieta vegetariana plano de perda de peso são ainda mais inteiro do que o que você recebe de carne, além de que eles são mais baixos em gorduras saturadas. A adição de cálcio em sua dieta vegetariana plano de perda de peso também pode ajudar você a perder peso mais rápido, como em seu recente comprovada de queima de gordura qualidades.
Engana-se quem pensa que os chás, por serem naturais, não oferecem riscos à saúde se consumidos de forma errada. “O consumo exagerado dos chás sem orientação pode causar hipertensão ou hipotensão arterial, arritmia cardíaca, insônia ou gastrites. Alguns chás não devem ser consumidos por gestantes ou lactantes. Por isso, é interessante a prescrição de médico ou nutricionista antes de consumi-los”, lembra a nutricionista Sabrina.
×