© 2018 - DicasOnline.com © Desde 2015 A Facilitar a Sua Vída - O uso deste site implica a aceitação da nossa Politica de Privacidade bem como do nosso Disclaimer. Este site não faz parte do Facebook. O Facebook INC não tem qualquer responsabilidade nos conteúdos aqui criados. FACEBOOK é uma marca registada por FACEBOOK, Inc. Morada: Rua Lino José Sousa Ferreira, Edifício Roma Loja 8 4760 - 143 - Vila Nova Famalicão Portugal - TLF: 00351 223 750 155


Uma dieta baseada em alimentos de origem vegetal possui uma baixa densidade calórica, além de quantidade reduzida de gorduras totais, saturada e colesterol, o que pode favorecer não somente a perda de peso, mas também manter níveis de gorduras sanguíneas baixos, prevenindo assim o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Com uma alimentação rica em frutas, legumes e verduras a quantidade de fibras, vitaminas e minerais fica dentro dos níveis recomendados. Com o alto consumo de fibras o bom funcionamento do intestino e a sensação de saciedade também são favorecidos.
Além disso, conforme estudos anteriores, dietas vegetarianas e veganas com baixo teor de gordura promovem um maior controle glicêmico e reduzem fatores de risco cardiovascular. “O vegetarianismo já provou ser mais efetivo para a perda de peso. Agora, mostramos que a dieta vegetariana pode ser muito mais efeito na redução de gordura muscular, promovendo melhora no metabolismo“, disse Hana Kahleová, diretora de pesquisa da organização sem fins lucrativos Physicians Committee for Responsible Medicine, nos Estados Unidos, ao site especializado Medical News Today.
Quanto mais calorias comemos mais engordamos, certo? Errado! Isto é o que afirma uma recente pesquisa realizada por cientistas, onde foram revisados 15 estudos realisados com dietas à base de vegetais, em grupos que vão desde veganos (não consomem nenhum produto de origem animal) à ovolactovegetarianos (consomem ovos e leite, abstendo-se de carne).
Comecei na segunda feira dia 10/07 a fazer o jejum intermitente (16h de jejum e 8h de alimentação) e no mesmo voltei a praticar musculação e passei a inserir mais proteína, vegetais e frutas na minha alimentação assim como certos carboidratos antes do treino (batata doce, tapioca e até arrisquei macarrão na quarta feira). Bom o resultado inicial é que em 4 dias eu eliminei 1Kg (de 81Kg estou com 80Kg).

Evite dietas radicais. Tudo que é extremo não é tão saudável. Seja preparar sucos, jejum ou apenas cortar um grupo de alimentos, se não for sustentável, provavelmente não é tão bom. Você pode ver ótimos resultados inicialmente, mas no longo prazo isso mexe com seu metabolismo e no final acaba tendo impacto negativo em você. Então, repetindo, evite dietas radicais. Seja saudável e evite extremismos.


O chá de cúrcuma pode ser um dos chás para acelerar o metabolismo e prevenir o acúmulo de gordura nos tecidos adiposos e outros órgãos. Isso pode evitar mais ganho de peso em pessoas com sobrepeso ou obesas. Além disso, o chá de cúrcuma tem ação termogênica, o que aumenta a taxa metabólica no corpo para queimar as calorias, promovendo a perda de peso.
O chá de cúrcuma pode ser um dos chás para acelerar o metabolismo e prevenir o acúmulo de gordura nos tecidos adiposos e outros órgãos. Isso pode evitar mais ganho de peso em pessoas com sobrepeso ou obesas. Além disso, o chá de cúrcuma tem ação termogênica, o que aumenta a taxa metabólica no corpo para queimar as calorias, promovendo a perda de peso.
Participaram do estudo 27 pessoas, que foram divididas em dois grupos que deveriam seguir a dieta 5:2 ou uma dieta diária de restrição calórica. Os indivíduos sob a dieta 5:2 comiam normalmente por cinco dias e nos dois dias de jejum consumiam 600 calorias. Já aqueles na dieta diária foram aconselhados a reduzir as calorias diárias: as mulheres ingeriram cerca de 1400 calorias, e os homens, aproximadamente 1900 calorias/dia.
Querendo emagrecer sem fazer dietas da moda nem exercícios? Claro que existem opções para perder peso como alimentação balanceada, esportes. Mas pode se optar por medicamentos como remédio para emagrecer como a sibutramina, orlistat, liraglutida, anfepramona e outros que ajudam no emagrecimento e inibidor de apetite. Mas cuidado com efeitos colaterais e comprar somente com bula e receita médica ou nutricionista na area da saúde.
No que respeita à dieta alimentar e ao excesso de peso, o chá de gengibre pode atuar de duas maneiras diferentes; Por um lado, as escolhas alimentares pobres e um elevado tecido adiposo (gordura corporal) são mais propícios a ativar o sistema imunitário e aumentar a inflamação e a dor, neste caso, o chá de gengibre irá intervir na redução da dor e da inflamação em indivíduos que sofrem de dores crónicas e outras doenças mediadas pela inflamação.
A Dra. Maria Edna de Melo, presidente do Departamento de Obesidade da SBEM, o jejum intermitente tem efeitos na perda de peso, pois leva a redução do consumo de calorias. Acompanhada de uma mudança de alimentação, as perdas podem ser ainda maiores. Outras particularidades são importantes, como não fazer a principal refeição à noite, quando o corpo tem mais dificuldade de metabolizar os alimentos. Porém, ela ressalta que a maior parte das pessoas não consegue manter esse regime no longo prazo, por conta da rotina.
Atualmente, mais de 1,4 bilhão de adultos em todo o mundo está acima do peso e com risco aumentado de desenvolver diabetes tipo 2, doença cardíaca, osteoartrite e certas formas de câncer. Estudos observacionais mostram que pessoas que comem dietas à base de vegetais pesam menos do que aqueles que não o fazem, disseram os pesquisadores do Physicians Committee for Responsible Medicine.
Uma pesquisa publicada no American Journal of Clinical Nutrition, conceituada revista da Sociedade Americana de Nutrição, acompanhou dois grupos de gordinhos. Os dois seguiram um cardápio de baixa caloria. Mas só o primeiro bebeu de seis a oito xícaras de chá verde por dia. No final do estudo, esses pacientes queimaram 4% a mais de gordura que o grupo que passou longe do chá.
Mas cuidado: as palavras "vegan" e "vegetariano" apenas definem o que as pessoas que seguem esta dieta, não comem, enquanto por trás do conceito de 'dieta baseada em vegetais' se esconde a definição do que realmente é consumido. Por que dizer não aos produtos de origem animal, não significa necessariamente comer alimentos saudáveis, advertem os pesquisadores.
O chá de hibisco é preparado com o cálice do botão seco da flor chamada Hibiscus Sabdariffa, que não é aquela espécie de hibisco normalmente encontrada nos jardins. Esta bebida evita o acúmulo de gordura. Uma pesquisa publicada no Journal of Ethnopharmacology da Sociedade Internacional de Etnofarmacologia concluiu que o chá de hibisco é capaz de reduzir a adipogênese. Este processo consiste na maturação celular no qual as células pré-adipócitas se convertem em adipócitos maduros capazes de acumular gordura no corpo.
×