Reservamos energia sob a forma de gordura para um eventual período de escassez alimentar. Assim, qual seria o sentido de armazenar energia como gordura e num primeiro momento de escassez começarmos a consumir o músculo?! Quando o organismo entra em modo de jejum são ativados mecanismos hormonais que levam à mobilização da gordura acumulada como fonte de energia (p.ex. descida da insulina) e simultaneamente à preservação do músculo (p.ex. aumento da hormona de crescimento GH) .8,9,10,11,12,13

Outro beneficio da dieta vegetariana é perda de peso. Muitas pessoas que a iniciam uma observam uma perda de peso devido ao baixo consumo de calorias. Encontrar dicas de alimentos com baixo teor de calorias é muito mais fácil quando se retira a carne da dieta. Também frutas e vegetais tendem a encher mais rápido que carne, fazendo com que você se sinta mais cheio com menos calorias.
Grande parte dos experts em nutrição se sente desconfortável com o costume de tachar um alimento de mocinho ou vilão, como se só um ingrediente fosse capaz de alavancar ou detonar a saúde. Mas, hoje, a discussão vai além. Se o papo esbarrava em questões como “devo comer isso?”, agora a dúvida é: “devo comer?”. Pois é, jejuar não só entrou no rol de possíveis estratégias para emagrecer como tem sido a escolha de um monte de gente.
Eu gosto dessa frase. É fazer uma limonada (não-calórica) com os limões que a vida te dá, e de todos pensamentos transcedentais contidos no livro do Hesse, essa linha me chama atenção como uma maneira bacana, sem nonsense, de tirar o melhor de uma situação ruim. Sem dúvidas sobre isso. Mas quão útil ela é, realmente, para os leitores de hoje ? Muito poucos de nós jamais passaram por uma situação de "não ter o que comer". Ao contrário, a comida está sempre à mão, com pouco esforço necessário para obtê-la. Na prática, isso não é completamente verdade. Lixo processado e fast food estão sempre disponíveis, enquanto as coisas boas - carnes frescas e verduras, comida de verdade, você sabe - requerem preparo, cozimento, tempo, e lavar pratos. Mas o ponto principal continua valendo: nós raramente ficamos sem.

Emagrecer é apenas uma das vantagens do chá verde. Estudos feitos em importantes centros de pesquisa dos Estados Unidos e da Europa mostraram que também faz bem para a pele. Extraído da planta Camellia sinensis, tem altas concentrações de antioxidantes, considerados até mais potentes que os carotenos e as vitaminas C e E, substâncias que atuam contra as rugas precoces.
São inumeros fatores que podem está ocasionando isso, primeiramente é durante a janela de alimentação devemos comer até nos satisfazermos mas isso não é sinonimo de comer com gula por exemplo, outro fator é durante o jejum pra pessoas como eu que tem o metabolismo lento é aconselhavel o consumo do café e chás termogenicos sem açucar e um outro fator que posso dizer é que na minha casa fizemos um teste para ver se o leite de vaca realmente dificulta o emagrecimento e todos lá de casa constamos que dificulta sim, por isso diminuimos drasticamente o consumo. Eu mesma não bebo leite
Depois do corpo acostumar a ficar sem glicose, proveniente da alimentação, à disposição (produto da quebra dos carboidratos no organismo), os baixos níveis de insulina irão fazer com que a vontade de comer fique cada vez mais reduzida. Agora é a hora de iniciar o jejum com tranquilidade, pois seu corpo já está se utilizando da quebra de gordura de reserva para gerar energia.
E lembre-se de que boa parte das pesquisas sobre o jejum intermitente ainda está em estágio inicial. Muitos dos artigos mencionados advêm de estudos pouco extensos, de curta duração, ou então, realizados em animais e não em humanos. Muitas dessas questões só poderão ser respondidas com mais firmeza, depois de serem intensificados os estudos realizados com pessoas.
No caso da dieta com jejum em dias alternados, nos dias de jejum (1 ou 2 dias por semana) é permitido que a pessoa ingira entre 500 ou 600 calorias (cerca de 75% de restrição calórica), consoante é mulher ou homem, respetivamente, e nos restantes dias pode comer “livremente”. Entenda-se que este “livremente” deve sempre seguir algumas regras e sobretudo haver bom senso e equilíbrio, pois nos dias de jejum há muitos nutrientes essenciais que não são ingeridos e que devem ser repostos nos dias de não-jejum (vitaminas, proteínas, minerais, gorduras essenciais e fibra). Também é de reforçar que em todos os dias do plano, a hidratação se reveste de especial importância, pois, se nos dias de jejum ajuda não só a hidratar mas também a mascarar a sensação de fome, nos restantes dias auxilia na reposição do funcionamento ótimo do organismo.

O regime contempla dois dias não consecutivos por semana em que se consome um quarto das calorias habituais (500 kcal para as mulheres e 600 kcal para os homens no máximo). E uma adaptação dos padrões de jejum periódico, cuja eficácia o autor diz estar demonstrada e em que não e permitido comer durante 24 horas ou em que, dia sim, dia não, se ingere uma única refeição com poucas calorias.


Um estudo conduzido pela Society for Neuroscience, em 2015, revelou que o jejum intermitente oferece “enormes implicações para a saúde do cérebro”. Segundo o estudo, que foi realizado tanto em seres humanos quanto em animais, a prática estimula o cérebro de várias maneiras diferentes: promove o crescimento de neurônios, ajuda na recuperação após um acidente vascular cerebral, ou qualquer outra lesão cerebral, e melhora o desempenho da memória. Não só o jejum intermitente ajuda a diminuir o risco de um praticante de desenvolver doenças neurodegenerativas como Parkinson ou Alzheimer, mas também há evidências que demonstram que pode até mesmo melhorar tanto a função cognitiva como a qualidade de vida das pessoas que vivem nessas condições.
Uma menor porcentagem de gordura corporal tem benefícios de grande alcance em todo o corpo, principalmente na função cardíaca. De forma consistente, os estudos mostraram que as populações mórmons apresentam menor mortalidade cardíaca – geralmente atribuído ao fato de que as pessoas que seguem a religião não fumam, bebem ou comem grandes quantidades de carne. Além disso, os mórmons praticam jejum intermitente, o qual pode levar a uma redução nos níveis de colesterol – particularmente triglicérides, que o corpo usa para criar energia. Ter menos gordura corporal também tira tensão dos rins, reduzindo a pressão arterial e aumentando a produção de hormônios de crescimento no organismo. Combinados, esses benefícios maravilhosos podem significar uma melhoria significativa na função cardíaca.

Kahleová acrescenta que os resultados são particularmente importantes para doentes de diabetes tipo 2 e síndrome metabólica: “Esta descoberta é importante para pessoas que estão a tentar perder peso, incluindo pessoas que sofrem de síndrome metabólica e diabetes tipo 2. Mas também é relevante para qualquer pessoa que leve a sério o seu controlo de peso e queira permanecer saudável.”

Dependendo da alimentação que fazemos podemos por vezes sentir que estamos mais gordinhas… mas na realidade o que estamos é mais inchadas…com retenção de líquidos, que faz com que o corpo pareça mais gordo. O excesso de sal e o facto de bebermos pouca água, por exemplo, são potenciadores desse efeito no nosso organismo, fazendo com que o corpo necessite de reter água.
English: Decrease Body Fat Percentage, Italiano: Diminuire la Percentuale di Massa Grassa, Deutsch: Körperfett Anteil reduzieren, Français: faire diminuer son indice de masse grasse, Русский: уменьшить процент жира в теле, 中文: 降低体脂率, Español: reducir el porcentaje de grasa corporal, Nederlands: Je vetpercentage verminderen, Bahasa Indonesia: Menurunkan Persentase Lemak Badan, Čeština: Jak snížit poměr tělesného tuku, العربية: تقليل نسبة الدهون بالجسم, Tiếng Việt: Giảm tỷ lệ mỡ toàn thân, 한국어: 체지방 비율 낮추는 법
“Esse dado mostra que, para emagrecer, não é preciso passar por um processo que muitas vezes causa desconforto”, analisa a endocrinologista Maria Edna de Melo, presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso). Que o digam os voluntários de Illinois. “O jejum intermitente teve maior índice de rejeição entre os que seguiram esse plano”, nota o biólogo Bruno Chausse, pesquisador do Laboratório de Metabolismo Energético do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP).
Faça treinamento aeróbico cruzado. Há duas coisas que você precisa evitar: platô e tédio. Os dois são péssimos de formas diferentes. Qual a melhor forma de combatê-los? Cross training – ou treinamento cruzado. Isso basicamente significa que você vai praticar várias atividades diferentes, enganando sua mente e corpo. Sua cabeça não pensa: "Ai, de novo?!" e seus músculos não ficam acostumados e param de trabalhar.
Para fazer a receita desse chá seca barriga você irá precisar derreter 10 colheres de sopa de açúcar e adicionar 1 litro de água, quando ele começar estiver a ponto de queimar. Em seguida adicione 5 cravos da índia, 2 paus de canela, semente e polpa de um maracujá e pedaços de 1 maçã. Mexa bem e deixe ferver por 10 minutos, desligue e beba ainda quente.
A dieta proposta no estudo consiste em comer apenas em uma faixa horária do dia, em particular por 8 horas, daí o nome de dieta do jejum intermitente 16:8 que, testada em indivíduos obesos, em particular 23 com a média de idade de 45 anos e um índice de massa corporal médio de 35 (tendo em conta que 30 é o limiar, para além do qual, a OMS fala em obesidade).
Até um certo ponto, todas estas dietas mostram alguns resultados pois todas elas obedecem á segunda lei. Ao reduzir a quantidade de calorias que ingerimos, estamos a reduzir gorduras. Infelizmente, perder peso não é assim tão simples, como todos aqueles que já tentaram bem o sabem. Além disso, contar as colorias que se ingerem está tão fora de moda como o conceito de que o sol anda á volta da terra. O problema é que o corpo não coopera. Se você tentar perder peso com: fazer mais exercício e comer menos, o seu corpo irá tentar compensar ao metabolizar mais eficazmente. O corpo tem um peso fixo, ao qual os peritos em obesidade chamam "ponto de retorno", que é um peso ao qual o corpo está sempre a tentar regressar.
Exercício: Durante o exercício, as células musculares queimam calorias para fornecer energia para a contração muscular. Embora a maior parte da energia vá impulsionar a contração, uma quantidade considerável de energia é “perdida” como calor. Este processo termogênico é a razão pela qual a temperatura do seu corpo sobe durante o exercício e porque você começa a suar. Quanto mais você se exercita, mais energia é desperdiçada como calor. Embora o principal efeito de queima de energia do exercício ainda seja a contração muscular real, você queima uma quantidade considerável de calorias como calor e quanto mais calorias você queima, mais peso você pode perder.
Querendo emagrecer sem fazer dietas da moda nem exercícios? Claro que existem opções para perder peso como alimentação balanceada, esportes. Mas pode se optar por medicamentos como remédio para emagrecer como a sibutramina, orlistat, liraglutida, anfepramona e outros que ajudam no emagrecimento e inibidor de apetite. Mas cuidado com efeitos colaterais e comprar somente com bula e receita médica ou nutricionista na area da saúde.
A gordura corporal em excesso é prejudicial para o nosso corpo e realmente é preciso eliminá-la. Mas o que acontece é que, muitas vezes, a pessoa acaba investindo em dietas que fazem com que sejam perdidas mais água e massa muscular do que gordura. Por isso, quando se fala em emagrecimento, deve-se considerar menos o que a balança mostra e mais o que o seu corpo te diz. A perda de peso saudável é aquela em que acontece apenas a eliminação de massa adiposa.

A perda de peso "rápida e sustentável" é, alegadamente, apenas um dos benefícios. Os "ganhos para a saúde a longo prazo", incluindo redução do risco de diabetes, doenças cardíacas e cancro, são "a grande mais-valia", sublinha. O livro foi escrito com Mimi Spencer, jornalista na área da alimentação, também ela praticante da dieta. Depois de o lermos e reunirmos as regras, pedimos a opinião do nutricionista Miguel Rego.


"Nós fizemos uma estimativa do efeito sobre o peso corporal, quando as dietas vegetarianas são prescritas", dizem os pesquisadores que analisaram as alterações no peso corporal em grupos de controle que receberam tratamentos para emagrecer, com a prescrição destas dietas, e nos grupos que não receberam esta recomendação, usando um modelo de efeitos aleatórios para estimar a diferença média de peso. "Não houve diferença significativa na perda de peso entre os estudos que analisaram os ovo-lacto-vegetarianos, daqueles em dietas veganas", acrescentam.
Quem costuma fazer dietas conhece muito bem estes ingredientes, por serem alimentos termogênicos, ou seja, que elevam a temperatura do corpo e aceleram o metabolismo. Ao misturar uma colher de café de gengibre picado e meio pau de numa panelinha com uma xícara de água e deixar ferver por dez minutos, estarão a preparar um chá que aumenta a sensação de saciedade, reduz o apetite e ainda estimula a queima de gordura. Pode-se fazer um chá utilizando somente um deles, mas juntando-os estamos a potenciar os seus benefícios!
×