É rico em fibras, nutriente que ajuda no funcionamento do intestino e reduz a absorção de gordura e carboidratos. Isso acontece porque as fibras são digeridas mais lentamente, inibindo a produção de insulina. E quanto maior for o pico de insulina, mais facilmente a gordura será absorvida e acumulada, as fibras também aumentam a sensação de saciedade, fazendo a pessoa comer menos.
O fato de você não ter o corpo “dos sonhos” não significa que há algo errado com sua saúde, mas casos de obesidade, anemia e outras doenças crônicas precisam ser tratados. Saber que está tudo certo com você é uma ótima maneira de começar a fazer as pazes com seu corpo, agradecendo por ele estar em perfeitas condições. Saúde em primeiro lugar sempre, porque sem ela não há corpo bonito que garanta a felicidade.
A gordura corporal em excesso é prejudicial para o nosso corpo e realmente é preciso eliminá-la. Mas o que acontece é que, muitas vezes, a pessoa acaba investindo em dietas que fazem com que sejam perdidas mais água e massa muscular do que gordura. Por isso, quando se fala em emagrecimento, deve-se considerar menos o que a balança mostra e mais o que o seu corpo te diz. A perda de peso saudável é aquela em que acontece apenas a eliminação de massa adiposa.

A refeição preferida dos brasileiros, composta por arroz, feijão, carne vermelha, café e pão francês - como mostrou a Pesquisa de Consumo Alimentar Pessoal no Brasil (IBGE) - está na berlinda: o novo "Prato da Alimentação Saudável" da Universidade de Harvard, lançado esta semana, condena o cardápio nacional. Os americanos privilegiam a dieta rica em grãos integrais, gorduras e proteínas saudáveis, o que quer dizer que os brasileiros estão comendo mais e mal, já que também adoram carboidratos refinados como lasanha, pizza e batata-frita, que só fazem engordar.
Antes de começar a dieta, você precisa decidir que tipo de vegetariano quer ser. Alguns vegetarianos comem laticínios, enquanto outros eliminam todos os subprodutos animais do cardápio de sua dieta vegetariana. Se você optar por incluir laticínios, as diretrizes alimentares do governo de 2010 podem ajudar a determinar quantas calorias devem vir dos vegetais e quantas você pode consumir.
— Por não consumirem produtos de origem animal, vegetarianos não comem gordura saturada e, portanto, acumulam menos calorias. Para ter ideia, um grama desse nutriente tem 9kcal. Vegetarianos ainda comem mais fibras de frutas, legumes, verduras, cereais integrais e leguminosas; e as fibras saciam. Então a ingestão de calorias total do dia é pouca — explica Marcela. — Um fato que sempre achei, e que o artigo mostra, é que vegetarianos são mais preocupados com a qualidade de vida. Isso também ajuda a emagrecer.
É muito fácil preparar o chá verde, mas há alguns segredinhos importantes para você preservar os princípios ativos da erva. Vamos lá: coloque a água para ferver e assim que surgirem as primeiras bolhas de ar (antes de começar para valer o processo de ebulição), apague o fogo. Acrescente a erva (o ideal são 2 colheres de sopa para 1 litro de água, mas comece com apenas 1 colher, pelo menos até você se acostumar com o sabor do chá) e abafe por 2 ou 3 minutos. Depois é só coar e tomar.
Viver sem carne parece difícil para a maioria das pessoas, porque estão acostumadas a consumir uma dieta regular de proteínas. No entanto, encontrar maneiras saborosas de conseguir os nutrientes que necessita não é tão difícil. Vegetarianos aproveitam os benefícios de uma dieta que tem baixo teor de gordura e sódio. Muitas pessoas também acham mais fácil controlar sua ingestão de glicose em uma dieta vegetariana.
Fontes: Antonio Herbert Lancha Jr., doutor em nutrição; Maria Edna de Melo, presidente do Departamento de Obesidade da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia); a nutricionista Patricia Davidson Haiat; Lara Natacci, nutricionista da SBAN (Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição) e Christian Cruz, nutricionista da clínica Equilibrium Consultoria.

“As dietas vegetarianas já provaram ser mais eficazes para a perda de peso. Contudo, também demonstramos que uma dieta vegetariana é muito mais efetiva para a redução da gordura muscular, logo, melhorando o metabolismo”, constata a pesquisadora que liderou o estudo, Hana Kahleová, Diretora de Pesquisa Clínica do Comitê de Médicos para uma Medicina Responsável – organização sem fins lucrativos.

Os programas dos Moinhos Velhos não foram criados especificamente para perder peso. O nosso programa de jejum de sumos com Yoga, Meditação e Terapias Holisticas é dirigido á desintoxicação e purificação do Corpo, da Mente e do Espírito. Nós não podemos garantir a quantidade de peso que se poderá perder, mas podemos garantir que se irá livrar de grandes quantidades de toxinas acumuladas e de mucos.
O regime contempla dois dias não consecutivos por semana em que se consome um quarto das calorias habituais (500 kcal para as mulheres e 600 kcal para os homens no máximo). E uma adaptação dos padrões de jejum periódico, cuja eficácia o autor diz estar demonstrada e em que não e permitido comer durante 24 horas ou em que, dia sim, dia não, se ingere uma única refeição com poucas calorias.
Outra consequência do jejum intermitente é que o metabolismo basal também não desacelera, como muitos pensam. “O metabolismo basal gasta a quantidade de calorias no dia que uma pessoa precisa para manter o mesmo peso. As pessoas acham que não comer vai desacelerar o metabolismo, ou seja, você vai queimar menos calorias. Mas um estudo mostrou que ele continua acelerado até em jejuns bastante longos.”
4. Coma à noite, sim! - outro mito que precisa ser derrubado agora - e já vai tarde. Ficar sem comer à noite ou não comer carboidrato no jantar não vão trazer bem algum para sua perda de gordura, especialmente se você se exercita pela manhã. Só o café não vai dar conta de te alimentar o suficiente e, de novo, o organismo vai lá na massa magra pra procurar energia. “Não há diferença se você consumir carboidrato de dia ou à noite, desde que esteja em quantidade adequada. À noite, prefira alimentos menos calóricos, com baixo teor de gorduras e de fácil digestão”, aconselha Paula Castilho.
Criada por  Michael Mosley, um médico britânico, esta dieta é baseada na necessidade de se comer pouquíssimas calorias durante 2 dias da semana. Bastante adaptada por outros profissionais, este método pode ser seguido também apenas com a redução de carboidratos, contudo, se você deseja perder cerca de 4kg por mês, seguir a dieta à risca é o mais indicado.
Eu já publiquei aqui no site uma matéria supercompleta sobre o jejum intermitente, um novo estilo de alimentação que vem ganhando adeptos em todo o mundo! Falamos sobre as variações que há nesse estilo de alimentação que, em linhas gerais, prega a prática de períodos de jejum (em alguns casos a cada cinco dias, em outros, por longos períodos diários) para termos um corpo mais saudável e nos mantermos no peso ideal.
Mas, será que esse método realmente é saudável e traz benefícios para o organismo? É o que muita gente vem me perguntando, desde que publiquei a matéria. E, como sempre que me questionam eu faço questão de responder, fui à busca de informações sobre as vantagens do jejum intermitente, e é o fruto dessa minha pesquisa que compartilho agora com vocês.

O que Polesso chama de substâncias comestíveis são os produtos industrializados que não apresentam muitos nutrientes. “Para queimar gordura naturalmente, você precisa restabelecer o bom funcionamento do metabolismo e do sistema hormonal”, explica, destacando que o primeiro passo para conseguir isso é removendo as toxinas que emperram esse sistema. “As toxinas estão nas substâncias comestíveis, nos açúcares, farináceos processados e carboidratos artificiais. “São estes elementos que fazem com que o metabolismo produza uma grande quantidade de insulina, incentivando o estoque de gordura”, conta.
Com sua dieta em mãos, os exercícios cardiovasculares podem acelerar a queima de gordura, utilizando-se das calorias extras. No entanto, se você se empolgar muito com eles podem prejudicar o seu progresso. Excesso de atividade cardio pode auxiliar em uma perca muscular grande. Além disso, a atividade vai fazer você se sentir mais esgotado e cansado!
Concordo com o depoimento de alguns colegas, quando alegam que as pessoas amam seus animais de estimação mas comem o demais, como se aqueles outros fossem feitos por Deus para serem comidos, da mesma maneira quando se pensava que a terra era quadrada, ou que a lua e as estrelas serviam apenas para iluminar a noite dos apaixonados ou que o sol girava em torno da terra. É muita hipocresia e de tamjanha infantilidade.

O processo de perda de peso ou definição corporal (o qual tem por objetivo eliminar gordura corporal) é bastante desejado por todos, seja por questões estéticas ou questões que envolvam a saúde. A dieta que deve ser adotada para eliminar gordura não é nada difícil. Contudo existem muitas ”informações” na internet que não passam de meros mitos, os quais podem dificultar o seu objetivo: eliminar gordura, perder peso, etc.
Com base nos resultados, a dieta vegetariana pode fazer perder duas vezes mais peso do que uma dieta somente de restrição calórica. Na dieta vegetariana, 60% das calorias vieram de carboidratos, 15% de proteínas e 25% de gordura. Já na convencional dieta antidiabética, 50% vieram de carboidratos, 20% de proteínas e 30% de gorduras, limitando as saturadas em 7%.
Engana-se quem pensa que os chás, por serem naturais, não oferecem riscos à saúde se consumidos de forma errada. “O consumo exagerado dos chás sem orientação pode causar hipertensão ou hipotensão arterial, arritmia cardíaca, insônia ou gastrites. Alguns chás não devem ser consumidos por gestantes ou lactantes. Por isso, é interessante a prescrição de médico ou nutricionista antes de consumi-los”, lembra a nutricionista Sabrina.
×