Que tal fazer ciclos calóricos? Já foi citado o ciclo de carboidratos, mas isso pode ser feito com calorias também, seguindo a mesma lógica científica: se não consome calorias o suficiente, seu corpo fica tenso, o metabolismo começa a desacelerar e consumir seus músculos. Por isso, quando estiver em uma dieta com poucas calorias, inclua dias de maior ingestão calórica para mantê-la funcionando e acelerar o corpo.
O Dr. Kahleová disse: “As dietas vegetarianas provaram ser dietas mais eficazes para a perda de peso. No entanto, também mostramos que uma dieta vegetariana é muito mais eficaz na redução da gordura muscular, melhorando assim o metabolismo. Essa descoberta é importante para as pessoas que estão tentando perder peso, incluindo aqueles que sofrem de síndrome metabólica e/ou diabetes tipo 2. Mas também é relevante para qualquer um que leve a sério seu controle de peso e queira permanecer magro e saudável “.[Science Daily]
Um problema associado ao Jejum Intermitente é a falta de suporte científico em estudos de boa qualidade metodológica, e em modelo Humano. São escassos os trabalhos conclusivos com a amostra, duração, desenho experimental, grupo controlo, e variáveis adequadas. Os modelos de jejum são também dispares, o que dificulta a comparação dos estudos. Tudo isto gera confusão entre a comunidade científica, quanto mais entre a população geral que todos os dias é bombardeada com novos milagres para os seus males. A grande maioria dos trabalhos é em modelo animal, e existem algumas diferenças entre o Homem e os ratinhos que convém ter em conta. Têm uma taxa metabólica por unidade de massa cerca de 12 vezes superior ao Homem, com vias metabólicas únicas que não encontramos na nossa espécie. E talvez o mais importante para a questão, um ritmo circadiano inverso ao nosso. São noctívagos. Isto não é um mero pormenor tendo em conta que as refeições são também elas um mecanismo de regulação cronobiológica, e o facto das experiências serem realizadas durante o dia é um viés importante a considerar. Para além de se tratarem de animais doentes, stressados e sedentários, que rapidamente se transformam em bolas de pêlo gordas sem mais nada para fazer do que comer a ração ração artificial e barata disponível nos biotérios. São animais com uma longevidade menor do que os seus pares selvagens, e o simples facto de comerem menos da porcaria que habitualmente comem já é suficiente para resultados positivos.
O chá de cúrcuma pode ser um dos chás para acelerar o metabolismo e prevenir o acúmulo de gordura nos tecidos adiposos e outros órgãos. Isso pode evitar mais ganho de peso em pessoas com sobrepeso ou obesas. Além disso, o chá de cúrcuma tem ação termogênica, o que aumenta a taxa metabólica no corpo para queimar as calorias, promovendo a perda de peso.
A aplicação BodyFast baseia-se em descobertas científicas sobre o jejum intermitente. Estamos empenhados em proporcionar a melhor experiência para os iniciantes do jejum intermitente bem como para os mais experientes. Com a aplicação e o teu plano de jejum semanal pessoal, que é baseado nos teus resultados e objetivos semanais, rapidamente verá os resultados saudáveis, se sentirá melhor e atingirá o teu peso ideal.
Ao seguir um método de jejum intermitente, o glucagon e outros hormônios que quebram gorduras ficam mais tempo atuando no organismo, o que facilita a perda de peso. Além disso, o jejum evita grandes picos de insulina o que pode prevenir a resistência à insulina, mas para isso é preciso tomar cuidado para não exagerar nos carboidratos ao retomar a alimentação.
“Durante a dieta, eu tomava o chá verde Dr. Dukan todos os dias. Não tinha um horário específico, mas gostava de tomar pois sentia os efeitos estimulantes e termogênicos da pimenta caiena. Gostei tanto que continuo tomando o chá mesmo depois de ter terminado a Dieta Dukan. Sinto uma disposição maior quando tomo o chá, isso às vezes me ajuda a fazer as atividades físicas do dia”, relata Adriana.
×