O chá verde ainda age na composição de gorduras no corpo. Estudo preliminares apontam que uma das catequinas mais presentes no chá verde, a epigalocatequina galato, estimula diversas enzimas que controlam o metabolismo das gorduras e até incentivam a quebra delas. Assim, as gorduras são melhores utilizadas pelo nosso organismo e não ficam paradas no tecido adiposo.
Quem costuma fazer dietas conhece muito bem estes ingredientes, por serem alimentos termogênicos, ou seja, que elevam a temperatura do corpo e aceleram o metabolismo. Ao misturar uma colher de café de gengibre picado e meio pau de numa panelinha com uma xícara de água e deixar ferver por dez minutos, estarão a preparar um chá que aumenta a sensação de saciedade, reduz o apetite e ainda estimula a queima de gordura. Pode-se fazer um chá utilizando somente um deles, mas juntando-os estamos a potenciar os seus benefícios!
El té verde contiene poderosos antioxidantes llamados polifenoles catequina que son responsables de muchos de los beneficios para la salud del té verde. Los polifenoles de catequina, en particular el galato de epigalocatequina (EGCG) y la cafeína que ocurren naturalmente en el té verde, trabajan sinérgicamente para estimular la termogénesis y aumentar y prolongar la estimulación simpática de la termogénesis. Termogénesis es el proceso del cuerpo que quema el combustible sin hacer la energía química y las calorías se lanzan como calor.

Os níveis de açúcar no sangue (tecnicamente glicemia) são controlados de forma “apertada” por vários mecanismos no organismo. Quando entramos em modo de jejum são ativados mecanismos hormonais que levam à produção da glicose necessária no fígado a partir das reservas de gordura acumuladas (um processo designado por gliconeogénese).14 Por exemplo, é este mecanismo que previne uma hipoglicemia durante o jejum noturno enquanto dormimos.
Exercícios curtos de alta intensidade, nada mais são, como o nome diz, exercícios intensos realizados em um curto espaço de tempo, com um intervalo de descanso entre as séries. Um exemplo é fazer o Burpee por 1 minuto, descansar por 30 segundos, e fazer outra série de Burpees por mais 1 minuto. É muito importante respeitar o período de descanso, para que os seus músculos possam se recuperar. Assista ao vídeo abaixo e aprenda fazer o burpee passo a passo.
Faça treinamento intervalado de alta intensidade. Esse tipo de treinamento, conhecido em inglês como HIIT (sigla para high intensity interval training) está em alta hoje em dia. Estudos mostram que ele queima mais gordura em menos tempo. Ele acelera o metabolismo rapidamente e o mantém acelerado depois do treino também – tanto que foi criado um termo para descrever isso fenômeno: efeito “afterburn”.[8] Então poupe suas desculpas quando tiver só 15 minutos para malhar!
A massa muscular é um tecido nobre, do qual não temos estoque e que não devemos perder durante o emagrecimento, já que ele dá sustentação aos ossos, compõe os órgãos e é fundamental para manter o metabolismo sempre ativo. A gordura corporal, por sua vez, também é muito importante e tem sua função no organismo, mas seu excesso traz prejuízos à saúde, como doenças cardiovasculares, diabetes tipo II e hipertensão arterial. Por isso é que se a gente perde massa magra não se trata de um emagrecimento saudável.

Os vegetarianos também adoecem menos do coração, porque seu níveis de colesterol são baixos e sua pressão fica melhor controlada. E ainda estão protegidos contra diabetes, que se tornou epidemia global. Os adeptos da dieta vegan - os vegetarianos extremos, que passam longe de qualquer produto de origem animal, incluindo carnes, ovos, leite e seus derivados - são os mais magros de todos, segundo Marcela Knibel, autora de "Nutrição contemporânea - Saúde com sabor" (Rubio, com Dora Cardoso). A dieta rica em vegetais eleva em 16% o efeito térmico dos alimentos por até três horas após a refeição.
Os voluntários ficaram um ano nessa toada. Depois disso, veio o primeiro resultado: quem caiu em um desses dois grupos (do jejum ou da restrição) emagreceu mais em comparação àquele pessoal que não recebeu nenhuma instrução dietética. Até aí, nada de novo. A grande descoberta do projeto veio, claro, ao comparar as duas intervenções. É que, no fim das contas, ambas levaram praticamente ao mesmo desfecho. Enquanto jejuar enxugou o peso em 6%, maneirar nas garfadas diariamente reduziu em 5,3%.

Consuma muita proteína e fibra. Você com certeza já ouviu isso antes: para perder gordura e começar a criar músculos, precisa de proteína. O corpo pode queimar proteína para sobreviver, mas prefere carboidratos e gorduras; por isso, quando a alimentação é principalmente proteica, o metabolismo vai usar os carboidratos e gorduras que já armazenou. Além disso, a proteína é usada para formar e regenerar massa muscular!
É preciso ter extremo cuidado para aliar o jejum ao exercício. O ideal seria que os períodos de jejum ao longo do dia estivessem distantes dos momentos reservados para a atividade física, já que essa dieta prejudica a oferta de energia necessária para realizar  um exercício e mesmo para se recuperar depois dele. Além disso, por lógica, uma dieta muito restritiva ou de período prolongado acaba comprometendo a ingestão de alguns nutrientes, o que estimula a perda de massa magra --isto é, de musculatura.
Quando se trata de perder gordura, uma dieta vegetariana é duas vezes mais eficaz do que a carnívora. De acordo com novo estudo, publicado no periódico científico Journal of the American College of Nutrition, essa alimentação acelera o metabolismo reduzindo fatores de risco da síndrome metabólica e diabetes tipo 2, como contribui para o alcance da perda de peso almejada, melhora o controle da glicemia e aumenta a sensibilidade à insulina.
— Concordo que a combinação arroz, feijão, bife e batata frita não é a melhor — diz Vilma Blondet. — As frituras devem ser evitadas. Bife só com moderação, porque é rico em gordura saturada e colesterol. Prefira carne branca ou vermelha magra acompanhada de salada verde, hortaliças e sobremesa de fruta. Arroz, os nutricionistas de Harvard só aceitam o integral.
"Tem havido estudos que sugerem que a ingestão regular de pequenas refeições é vantajosa para a saúde, desde que não acabemos por comer mais", diz. "Infelizmente, é isso que acontece no mundo real", faz notar, todavia. O autor afirma que "petiscar serve apenas para abrir o apetite" e refere um estudo segundo o qual, atualmente, se ingere diariamente mais 180 calorias em lanches e 120 em refeições normais do que há 30 anos.

O corpo geralmente entra em modo de fome ou inanição quando a ingestão começa a cair abaixo de 1.200 calorias por dia. Se estiver interessado em usar ciclos calóricos, saiba quantas calorias seu corpo precisa antes de começar a definir os números. Você pode chegar a consumir apenas 1.200 calorias algumas vezes, mas não faça isso em dias seguidos.[4]

En los tiempos actuales, las calorías que ingerimos sólo para obtener nuestra cafeína por la mañana están causando estragos en nuestra cintura. Si tiene la intención de guardar estas mega-calorías en la mañana, pero aún así obtener su solución de cafeína, trate de sustituir el té verde por el café. Definitivamente habrá diferencia en su cintura en unas pocas semanas.


Então, é interessante complementar grãos com legumes e sementes, e assim obter a combinação ideal para fazer a proteína completa. É fácil conseguir a proteína necessária sem precisar recorrer a tabelas, basta comer uma grande variedade de alimentos integrais ao longo do dia, sem se esquecer de nenhum grupo. E assim, além de aminoácidos essenciais, fica mais fácil suprir vitaminas e minerais.
Porém, o nutrólogo Reginaldo Rena ressalta que é de extrema importância fazer um desjejum completo e nutritivo, principalmente se você for realizar algum tipo de atividade física pela manhã. "Após ficar um período longo em jejum durante a noite, ao se exercitar sem estar alimentado, pode ocorrer a queda de açúcar no sangue (hipoglicemia) e o seu corpo começará a queimar músculo para gerar energia, perdendo massa muscular", alerta ele.

La información que le ofrece Consultas de Salud está destinada únicamente con el objetivo de informar y educar. No pretende ser un sustituto de la asesoría médica proporcionada por su médico u otro profesional de la medicina. Si usted tiene o sospecha que tiene un problema médico, contacte inmediatamente a su médico o profesional de la salud. Sólo su médico puede proporcionar un diagnóstico relevante, recetarle medicamentos y / o ponerlo en las terapias adecuadas.

Quando a balança mostra uma queda no peso, esta pode estar relacionada à perda de líquidos corporais ou musculatura. "Para saber se houve perda de gordura corporal (que é o intuito do emagrecimento), é preciso uma avaliação minuciosa, na qual o profissional habilitado utilizará de alguns aparelhos para a avaliação, como adipômetro, fita métrica e bioimpedância (aparelho que mede percentual de gordura, massa muscular e líquidos corporais)", conta Raquel Pegoraro, nutricionista com especialização em nutrição clínica pelo GANEP.
Os pesquisadores acompanharam 74 pessoas com diabetes tipo 2. Os participantes foram divididos em dois grupos que receberam diferentes dietas, sendo elas uma típica dieta antidiabética, seguindo recomendações da Associação Europeia para o Estudo de Diabetes (EASD), e uma dieta vegetariana. A segunda opção consistia em frutas, vegetais, nozes, sementes, grãos e legumes, com produtos animais limitados a uma porção diária de iogurte com baixo teor de gordura.
A dieta proposta no estudo consiste em comer apenas em uma faixa horária do dia, em particular por 8 horas, daí o nome de dieta do jejum intermitente 16:8 que, testada em indivíduos obesos, em particular 23 com a média de idade de 45 anos e um índice de massa corporal médio de 35 (tendo em conta que 30 é o limiar, para além do qual, a OMS fala em obesidade).
Mi experiencia con Alimmenta ha sido vía Skype, ya que resido en Suiza. Quería compaginar una alimentación saludable con mi ritmo de vida. Soy enfermera y trabajo en turno de mañana, tarde y noche. Las consultas con Adriana han sido siempre según mi horario de trabajo y me han ayudado no solo a bajar de peso, sino también a integrar una nutrición y estilo de vida saludables con un trabajo con ya de por sí mucho estrés. Sus propuestas de menús y recetas han hecho que las consultas también sirvieran para mi pareja y no tener que hacer dos comidas distintas, ya que se basan en alimentos de todos los grupos, cocinados de forma creativa y sana. Además, todo esto ha traído de la mano una nueva motivación para hacer deporte , ya que siento mi cuerpo menos pesado y con más energía! Estoy muy contenta con mi experiencia vía Skype. 🙂 Me ha aportado libertad de horarios y un seguimiento cercano y profesional. Gracias Adriana! 🙂
Estou fazendo a exclusão de carne vermelha da minha vida, não é fácil estou contando com ajuda de uma nutricionista pois no começo eu sentia muitas dores de cabeça, fome, agitação, ai percebi como a carne estava me fazendo mal, é como se fosse uma droga. Hoje estou 2 anos sem comer carne vermelha, peixes, frango, não me adaptei a carne de soja é horrível aquilo, só como muito pouco ovos e queijos, me sinto melhor e não quero desistir. Não consegui largar a maldita cerveja ai me dá vontade louca de comer carne, então comecei a tomar cerveja sem álcool em casa, e como um queijo magro como petisco, o problema é nas festas de final de ano, tem que se policiar. O inicio é chato, dolorido, mas no final emagreci 10 kg em 6 meses, colesterol ficou ótimo, glicose, e a pressão arterial normalizou.
Sou vegetariano já faz 8 anos.todos esses sintomas eu tive mais mesmo assim segue adiante. a mudança de não comer nenhum tipo de carne na verdade foi uma desilusão amorosa. Fiquei 3 meses morando sozinho e me parece uma preguiça fritar carne. Aí fiquei até hoje sem comer carne estou muito bem de saúde não fico doente faz tempo que não tenho uma gripe. Então você que não come carne igual a eu parabéns. E viva 100 % os vegetais.
Mas será que parte dessas pessoas está adotando a dieta vegetariana achando que dessa forma vai emagrecer mais rápido? Se este é o motivo, ele tem fundamento. Segundo Dr. George Guimarães, nutricionista especializado em dietas vegetarianas, quando comparada a uma dieta onívora, a vegetariana é rica em fibras e água e é mais pobre em gordura, em especial a saturada.
A alimentação dos seguidores da Dieta Vegetariana consiste no consumo de alimentos de origem vegetal como frutas, legumes e verduras, leguminosas, cereais, nozes e sementes. Contudo, há alguns vegetarianos que apesar de não consumirem carnes e peixes, consomem ovos e produtos lácteos (ovo - lacto vegetarianos), há também aqueles que excluem também os ovos, porém consomem os leites e derivados (lacto - vegetarianos).
Tanto o gengibre quanto o chá de gengibre contam com substâncias termogênicas que tem a capacidade de aumentar a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e elevando a queima de gordura. É interessante fazer a infusão de pedaços de gengibre frescos. O chá de gengibre ainda ajuda no tratamento de gripes, tosses e resfriados. Ele também hidrata o corpo e ajuda a eliminar toxinas, o que irá contribuir ainda mais para o emagrecimento.
×