sou vegetariana a 5 anos, por amor aos animais, uma vez vi uma materia na TV sobre vegetarianismo, teve depoimentos de vegetarianos, que explicavam sobre a decisão de excluir a carne de seu cardapio e tals, mas na epoca oque mais me chocou foi o vdeo de um porco sendo morto, e aquele foi o maior incentivo que eu tive para ser vegetariana, sempre que eu pensava em comer carne ( coisa que eu amava na epoca) me vinha na cabeça as imagens daquele porco sendo morto e desde netao eu nunca mais tive vontade de comer carne.
Se você decidir se tornar vegetariano, você pode esperar um pequeno tempo de ajuste. Você pode sentir excesso de gases ou mesmo constipação quando fizer a mudança. Cólicas estomacais também são comuns. Isto se dá devido ao corpo estar se livrando do excesso de gordura e toxinas acumuladas pelas fontes de carne, algumas que podem estar contaminadas com hormônios de crescimento e outros produtos usados na indústria.

Empeze en el octubre del 2016 con 97 kg y después de 8 meses ya estoy a 85 kg. Estoy bien, me siento muy energética y positiva y ya se que falta poquito para llegar a mi objetivo de 79 kg. Y todo esto gracias a la ayuda y a la guía de Marisa en Alimmenta. Con su profesionalidad he por fin re-aprendido a comer en manera saludable, a utilizar bien los alimentos en mi dia a dia y he afrontado los cambios que estaban pasando en mi vida con mucha positividad y un poquito mas de calma también en el aspecto de mi alimentación.

Quando você muda sua dieta regular para uma dieta rica em proteínas vegetariana, você deve fazer a mudança gradualmente. Isso vai reduzir os efeitos colaterais, como cólicas estomacais e excesso de gás. Se você consumir uma dieta regular de carne, você deve gradualmente cortar os diferentes tipos de carne, uma de cada vez para fazer a mudança. Adicionando à sua dieta um suplemento vitamínico de boa qualidade pode ajudar na mudança.
Os pesquisadores descobriram que os obesos que seguiram a dieta 16:8 consumiram menos calorias, perderam peso e tiveram melhoras na pressão arterial. Na verdade, em média, os participantes consumiram cerca de 350 calorias a menos, perderam cerca de 3% do seu peso corporal e viram a sua pressão arterial sistólica diminuir em cerca de 7 mm de mercúrio (mm Hg), a medida padrão de pressão sangue. Todas as outras medidas, incluindo massa gorda, resistência à insulina e colesterol, foram semelhantes ao grupo controle.
Atualmente o mercado de suplementação é muito amplo e completo. Porém, você deve tomar muito cuidado com produtos que custam muito mais do que valem, e principalmente com produtos cheios de químicas. Muita gente nos manda e-mail e comentário perguntando sobre termogênicos, então nós estamos fazendo algumas postagens sobre os mais conhecidos do mercado, talvez você possa se interessar:

Para ter ideia, em trabalhos com animais que não comiam absolutamente nada durante 24 horas em dias alternados, Chausse reparou que, no período em que eles podiam se alimentar livremente, quase compensavam a fase da penúria. Na prática, é como se alguém ingerisse zero caloria em um dia e, no outro, em vez das habituais 2 mil calorias, devorasse incríveis 3 800. Apesar da fome desmedida, o pesquisador da USP percebeu que os bichos realmente estavam mais magrinhos ao fim da experiência.


Este blog é composto por minhas opiniões pessoais, baseadas em auto-experimentação com dieta paleo, e também por artigos traduzidos - estes produzidos por estudiosos do assunto. As opiniões expressas aqui, minhas ou de outros autores, não podem substituir as de seu médico. O que funciona bem para mim, pode não funcionar para outras pessoas. Se você escolher seguir alguma das opiniões aqui publicadas, faça-o com o conhecimento do seu médico!
Em jejuns com duração inferior a 24 horas refeições ricas nutricionalmente antes e depois do período de jejum são suficientes para garantir um aporte nutricional adequado. Em jejuns mais prolongados, para além do acompanhamento médico especializado, uma dieta nutritiva antes e depois do jejum associada à toma de um multivitamínico garantem os nutrientes essenciais (vitaminas, minerais, ácidos gordos e aminoácidos). 17,18
Emagrecer é apenas uma das vantagens do chá verde. Estudos feitos em importantes centros de pesquisa dos Estados Unidos e da Europa mostraram que também faz bem para a pele. Extraído da planta Camellia sinensis, tem altas concentrações de antioxidantes, considerados até mais potentes que os carotenos e as vitaminas C e E, substâncias que atuam contra as rugas precoces.
A taxa metabólica basal (TMB) é a quantidade de energia que seu corpo precisa para manter as funções básicas quando você está em repouso e várias coisas podem influenciar sua taxa metabólica, entre elas a genética, idade, gênero (os homens tendem a ter uma TMB mais alta que as mulheres), peso, altura, estrutura corporal e alimentação. Alguns distúrbios médicos, medicamentos e clima também podem interferir.
A nutricionista Sophie admite que alguns dados envolvendo a privação de comida são bastante interessantes. Ela se diz especialmente animada com a possibilidade de essa estratégia fazer as células do pâncreas voltarem a funcionar em caso de diabetes. Ora, se esse órgão mantiver sua produção de insulina, o açúcar não fica dando sopa na circulação. “Mas isso a gente vê em estudos bem controlados e dentro de laboratórios. Não é para fazer em casa”, frisa. Mais: segundo Sophie, é um disparate recorrer a essas informações para defender o jejum como método de emagrecimento. “Trata-se de uma deturpação da ciência”, opina.

Dieta Vegetariana: A Dieta Vegetariana, assim como a maioria das dietas da moda, é normalmente feita sem o acompanhamento de profissionais. No entanto, por ocorrer tantas restrições alimentares é muito importante o acompanhamento médico presencial, que poderá avaliar a necessidade de suplementar algum nutriente, como ferro, vitamina B12, zinco, evitando carências nutricionais.
O objetivo inicial do estudo era avaliar como o jejum intermitente pode alterar a capacidade de metabolização de gordura e açúcares do organismo. Mas os resultados mostraram que em 59 dias, o grupo que seguiu o jejum intermitente perdeu pelo menos 5% do peso e diminuiu em 9% os índices da pressão arterial. Já os voluntários que cumpriram a dieta com menos calorias diárias precisaram de 73 dias para perder a mesma quantidade de peso e diminuíram a pressão arterial em apenas 2% no final de todo o processo.
O chá do dente-de-leão não é tão popular quanto os chás verdes ou mesmo o chá da hortelã-pimenta para a perda do peso, mas não há nenhuma negação seus benefícios e habilidade de saúde para ajudá-lo a sentir melhor imediatamente e sobre o tempo. Dentes de leão são muito mais do que aquelas ervas daninhas no quintal; Eles são uma fonte valiosa de nutrição com a capacidade de ajudá-lo a perder libras.
Ao aumentar a ingestão de líquidos aceleramos o trabalho de eliminação ao mesmo tempo que ajudamos a limpar e eliminar substâncias que ficaram acumuladas dentro do organismo provocando uma sensação de inchaço e que, a longo prazo, além de causar ganho de peso deixam o organismo desprotegido, causam dores de cabeça e no estômago, além de processos alérgicos principalmente a alimentos.
Bom dia !!Foi a melhor matéria q li sobre o jejum intermitente até agora.Começei a fazer tem apenas 2 dias.Não tive dificuldade porque não sinto fome de manhã.Estou conseguindo fazer a última refeição ás 18h .A dica p quem trabalha é levar a marmita p conseguir fazer a última refeição nesse horário.Estou muito animada .Quero voltar para meu peso que é de 57 kg.Entrei na menopausa e acho q preciso ficar de olho na balança agora mais do q nunca.Começei o jejum com 61.500kg e hoje 2 dias depois já perdi 1kg?.Muito feliz !!

Pour activer l’entraîneur, vous devez annuler la semaine de jeûne en cours ou attendre qu’elle se termine. Ensuite, vous pouvez commencer une semaine d’entraîneur dans l’onglet de gauche. Ces semaines seront calculées sur votre progression et vos objectifs. En outre, l’entraîneur veut vous donner des soins de santé hebdomadaires qui mènent à un mode de vie plus sain.
A ingestão regular de alimentos (de índice glicémico baixo) permite manter os níveis de insulina e de glicose estáveis e, desta forma, evitar as quebras de energia e a perda de massa muscular (sempre que há uma descida dos níveis de açúcar no sangue, o tecido muscular é sacrificado para ser convertido em glicose), que resulta na diminuição da taxa metabólica de repouso (menos gordura é utilizada como fonte de energia).
O que Polesso chama de substâncias comestíveis são os produtos industrializados que não apresentam muitos nutrientes. “Para queimar gordura naturalmente, você precisa restabelecer o bom funcionamento do metabolismo e do sistema hormonal”, explica, destacando que o primeiro passo para conseguir isso é removendo as toxinas que emperram esse sistema. “As toxinas estão nas substâncias comestíveis, nos açúcares, farináceos processados e carboidratos artificiais. “São estes elementos que fazem com que o metabolismo produza uma grande quantidade de insulina, incentivando o estoque de gordura”, conta.
Ao restringir o consumo de alguns alimentos deixamos muitas vezes de ingerir nutrientes essenciais ao nosso organismo. No caso da Dieta Vegetariana, ao serem excluídos alimentos de origem animal, estamos deixando de consumir nutrientes como vitamina B12, cálcio, ferro e zinco. O cálcio é um mineral que participa da formação e manutenção de dentes e ossos, uma drástica restrição em seu consumo a longo prazo pode favorecer o desenvolvimento de osteoporose. Já a vitamina B12 é um micronutriente encontrado exclusivamente em produtos de origem animal e utilizado na síntese de glóbulos vermelhos, atuando na prevenção de anemia. O ferro é uma das maiores preocupações, ao se avaliar a alimentação dos seguidores da Dieta Vegetariana, pois assim como a vitamina B12 esse mineral é um componente fundamental dos glóbulos vermelhos, pois junto como a hemoglobina realiza o transporte de oxigênio na corrente sanguínea. As carnes são as principais fontes desse nutriente, também são encontrados em verduras verde escuro e leguminosas, contudo nesse caso para ser absorvido é preciso a associação com a vitamina C. O zinco também encontrado nas carnes é fundamental para síntese de muitas enzimas assim como desempenha importante papel na formação de proteínas e divisão celular. É importante que os seguidores da Dieta Vegetariana sejam acompanhados por médicos e/ou nutricionistas, pois estes profissionais poderão orientá-los indicando possíveis alternativas para suprir o consumo destes nutrientes, o que geralmente é atingido por meio de suplementação.
A gente comemora qualquer diferença na balança quando ela mostra um número menor, mas isso nem sempre quer dizer que você está ficando magra. É melhor tomar cuidado antes de fazer as dietas malucas das revistas porque elas podem não ajudar muito e ainda por cima não ser saudável, ou seja, você não deve apenas se preocupar em perder peso, mas sim também em perder gordura corporal.
Se você não quer ser totalmente vegetariano, você pode tentar ter um dia livre de carne uma vez por semana e começar daí para alcançar um equilíbrio que resulte em você se sentir satisfeito e ao mesmo tempo saudável. No geral, quase todos podem se beneficiar em incorporar um dia livre de carne e rico em proteínas vegetais nas suas refeições semanais.
Sim, AB jejuou por 382 dias, bebendo apenas água e tomando suplementos de vitaminas, potássio e sódio. No total, ele perdeu 124.2kg, alcançando seu peso-alvo de 81kg e mantendo a sua perda. Nos 5 anos de observação seguintes, AB ganhou de volta apenas 7.2kg, deixando-o em um território excelente, mas pouco populado (no mínimo 80% dos praticantes de dieta eventualmente recuperam todo o peso perdido). Outros médicos deram atenção. Talvez fosse o fato de ser os aos 60, e todos os tipos de loucuras estarem acontecendo - rebeldia no ar, boa música sendo feita, uma guerra no Vietnã, Ken Kesey e seus Merry Pranksters cruzando os Estados Unidos em um colorido ônibus velho espalhando a palavra, Kevin Arnold e o jovem Marilyn Manson chegando à maioridade em Anytown, EUA - mas por qualquer razão que seja, colocar pacientes obesos em jejuns longos e curtos tornou-se uma prática relativamente comum.
Os meios de comunicação social dizem que a tendência mais recente é o intervalo de jejum, ou jejum intermitente. Todos falam disso, mas é um assunto tão velho quanto a humanidade. Antigamente, não havia três a quatro refeições por dia na mesa. Os nossos antepassados tinham de caçar e recolher alimentos e permaneciam ativos durante todo o dia. Eram capazes de resistir a longos e frequentes períodos sem alimentos. Com o jejum intermitente, portanto, vivemos de acordo com o nosso relógio biológico natural.

Já na parte dos exercícios, é importante combinar uma atividade aeróbica, como caminhadas, corridas, natação ou dança, por exemplo, com uma atividade anaeróbica, como musculação, ginástica localizada ou pilates. E em se tratando do tema emagrecimento, as atividades aeróbicas são as mais indicadas e a orientação e acompanhamento de um educador físico também é indispensável para um bom resultado. Dessa forma podemos concluir que o emagrecimento é saudável de fato quando associamos exercícios físicos com reeducação alimentar, combinação obrigatória, e mais trabalhora, que se feita da forma certa ajuda a perder gordura corporal. 

Estou fazendo a exclusão de carne vermelha da minha vida, não é fácil estou contando com ajuda de uma nutricionista pois no começo eu sentia muitas dores de cabeça, fome, agitação, ai percebi como a carne estava me fazendo mal, é como se fosse uma droga. Hoje estou 2 anos sem comer carne vermelha, peixes, frango, não me adaptei a carne de soja é horrível aquilo, só como muito pouco ovos e queijos, me sinto melhor e não quero desistir. Não consegui largar a maldita cerveja ai me dá vontade louca de comer carne, então comecei a tomar cerveja sem álcool em casa, e como um queijo magro como petisco, o problema é nas festas de final de ano, tem que se policiar. O inicio é chato, dolorido, mas no final emagreci 10 kg em 6 meses, colesterol ficou ótimo, glicose, e a pressão arterial normalizou.
O objetivo inicial do estudo era avaliar como o jejum intermitente pode alterar a capacidade de metabolização de gordura e açúcares do organismo. Mas os resultados mostraram que em 59 dias, o grupo que seguiu o jejum intermitente perdeu pelo menos 5% do peso e diminuiu em 9% os índices da pressão arterial. Já os voluntários que cumpriram a dieta com menos calorias diárias precisaram de 73 dias para perder a mesma quantidade de peso e diminuíram a pressão arterial em apenas 2% no final de todo o processo.
Exercícios curtos de alta intensidade, nada mais são, como o nome diz, exercícios intensos realizados em um curto espaço de tempo, com um intervalo de descanso entre as séries. Um exemplo é fazer o Burpee por 1 minuto, descansar por 30 segundos, e fazer outra série de Burpees por mais 1 minuto. É muito importante respeitar o período de descanso, para que os seus músculos possam se recuperar. Assista ao vídeo abaixo e aprenda fazer o burpee passo a passo.
Ser vegetariano é abster-se do consumo de todo os alimentos de origem animal, o que inclui os ovos, laticínios e mel. Àqueles que consomem os derivados de ovos e laticínios dá-se o nome de protovegetarianos, ou seja, aqueles que estão a caminho do vegetarianismo, mas ainda não chegaram lá. "Já quem se abstém do consumo de outros produtos animais para além da alimentação, como o couro, lã, seda ou produtos que tenham sido testados em animais, dá-se o nome de vegano", explica Dr. George.
Segundo o nutricionista, não se deve buscar um alimento que "substitua" a carne, mas sim uma revisão da dieta como um todo, incluindo os alimentos ricos em proteína (feijão, lentilha, ervilha, grão-de-bico, soja e derivados), castanhas, nozes e amêndoas, vegetais verde escuros em abundância, muitas frutas e vegetais frescos e ainda optar pelos cereais na sua forma integral sempre que possível. Os tubérculos também têm espaço na dieta vegetariana, desde que não tomem por completo o espaço dos cereais.
No caso da dieta com jejum em dias alternados, nos dias de jejum (1 ou 2 dias por semana) é permitido que a pessoa ingira entre 500 ou 600 calorias (cerca de 75% de restrição calórica), consoante é mulher ou homem, respetivamente, e nos restantes dias pode comer “livremente”. Entenda-se que este “livremente” deve sempre seguir algumas regras e sobretudo haver bom senso e equilíbrio, pois nos dias de jejum há muitos nutrientes essenciais que não são ingeridos e que devem ser repostos nos dias de não-jejum (vitaminas, proteínas, minerais, gorduras essenciais e fibra). Também é de reforçar que em todos os dias do plano, a hidratação se reveste de especial importância, pois, se nos dias de jejum ajuda não só a hidratar mas também a mascarar a sensação de fome, nos restantes dias auxilia na reposição do funcionamento ótimo do organismo.

Macarrão – Macarrão é um alimento livre de carne que vegetarianos normalmente enchem suas dispensas para dar volume a suas refeições e adicionar nutrientes vitais. Tente escolher um macarrão de massa integral para um melhor custo beneficio nutricional. Adicionar vegetais salteados, feijões, tofu, dentre outros ingredientes, são ótimas maneiras de temperar seu macarrão e torná-lo uma refeição vegetariana balanceada (um exemplo de dieta de perda de peso bem balanceada é a Dieta de Zona).
Para ter ideia, em trabalhos com animais que não comiam absolutamente nada durante 24 horas em dias alternados, Chausse reparou que, no período em que eles podiam se alimentar livremente, quase compensavam a fase da penúria. Na prática, é como se alguém ingerisse zero caloria em um dia e, no outro, em vez das habituais 2 mil calorias, devorasse incríveis 3 800. Apesar da fome desmedida, o pesquisador da USP percebeu que os bichos realmente estavam mais magrinhos ao fim da experiência.

No caso da dieta com jejum em dias alternados, nos dias de jejum (1 ou 2 dias por semana) é permitido que a pessoa ingira entre 500 ou 600 calorias (cerca de 75% de restrição calórica), consoante é mulher ou homem, respetivamente, e nos restantes dias pode comer “livremente”. Entenda-se que este “livremente” deve sempre seguir algumas regras e sobretudo haver bom senso e equilíbrio, pois nos dias de jejum há muitos nutrientes essenciais que não são ingeridos e que devem ser repostos nos dias de não-jejum (vitaminas, proteínas, minerais, gorduras essenciais e fibra). Também é de reforçar que em todos os dias do plano, a hidratação se reveste de especial importância, pois, se nos dias de jejum ajuda não só a hidratar mas também a mascarar a sensação de fome, nos restantes dias auxilia na reposição do funcionamento ótimo do organismo.
“A dieta vegetariana provou ser a mais efetiva para a perda de peso. Nós mostramos que uma dieta vegetariana é mais efetiva na redução da gordura e, portanto, acelera o metabolismo. Esse achado é importante para quem está tentando perder peso, inclusive quem sofre de síndrome metabólica ou diabetes tipo 2. Mas é também relevante a todos que queiram cuidar do peso corporal e manter-se saudáveis”, diz em comunicado Hana Kahleová, diretora de pesquisa clínica do Comitê Médica para Medicina Responsável em Washington, Estados Unidos, e autora principal do estudo.
Os vegetarianos também adoecem menos do coração, porque seu níveis de colesterol são baixos e sua pressão fica melhor controlada. E ainda estão protegidos contra diabetes, que se tornou epidemia global. Os adeptos da dieta vegan — os vegetarianos extremos, que passam longe de qualquer produto de origem animal, incluindo carnes, ovos, leite e seus derivados — são os mais magros de todos, segundo Marcela Knibel, autora de "Nutrição contemporânea — Saúde com sabor" (Rubio, com Dora Cardoso). A dieta rica em vegetais eleva em 16% o efeito térmico dos alimentos por até três horas após a refeição.

Sou adepta ao JI há alguns meses e te aconselharia: almoçar às 12 hrs (se quiser potencializar seu emagrecimento coma muita salada, legumes e carne, frango ou peixe – esses alimentos te dão a sensação que está de estômago cheio e isso vai reduzir sua fome, EVITE carboidratos, mas se não conseguir eliminar eles, coma menos), durante a tarde você pode comer frutas (às vezes eu como até bolacha, mas somente a integral) e um pouco antes de acabar seu horário , que seria às 18hrs, você pode comer por exemplo novamente salada e um filé de frango.
O seu metabolismo é um dos pontos chaves para a queima de gordura corporal. Quanto mais acelerado ele estiver, mais gordura e calorias você queimará, por isso, adicione alimentos que ajudam a perder calorias mesmo sem dieta como nabo, rúcula, chá verde, pimenta vermelha e gengibre, que são termogênicos e possuem a propriedade de acelerar o metabolismo e queimar mais calorias durante o processo de digestão. Outra dica importante é nunca pular refeições, fazendo entre 5 a 6 refeições diariamente. Dessa forma, você evitará que seu organismo entre em estado de privação, obrigando-o a gastar a energia dos alimentos consumidos em vez de armazená-la na forma de gordura.
Nesse estudo mais prolongado, ainda se observou que as cobaias submetidas ao jejum tinham concentrações mais altas de radicais livres – em excesso, essas moléculas instáveis danificam as células do corpo. “Portanto, levando em conta nossas pesquisas, o jejum parece gerar benefícios em curto prazo. Mas, lá na frente, poderia ser prejudicial”, interpreta Chausse.
Eu gosto dessa frase. É fazer uma limonada (não-calórica) com os limões que a vida te dá, e de todos pensamentos transcedentais contidos no livro do Hesse, essa linha me chama atenção como uma maneira bacana, sem nonsense, de tirar o melhor de uma situação ruim. Sem dúvidas sobre isso. Mas quão útil ela é, realmente, para os leitores de hoje ? Muito poucos de nós jamais passaram por uma situação de "não ter o que comer". Ao contrário, a comida está sempre à mão, com pouco esforço necessário para obtê-la. Na prática, isso não é completamente verdade. Lixo processado e fast food estão sempre disponíveis, enquanto as coisas boas - carnes frescas e verduras, comida de verdade, você sabe - requerem preparo, cozimento, tempo, e lavar pratos. Mas o ponto principal continua valendo: nós raramente ficamos sem.
Esse grupo foi liderado pelo Dr. Neal Barnard, principal autor do estudo, presidente do Physicians Committee e professor adjunto de medicina na George Washington University School of Medicine and Health Sciences. Dr Neal tem advogado em favor das dietas vegetarianas e sido um defensor das organizações de bem-estar animal. “Esperamos que os prestadores de cuidados de saúde tomem nota e prescrevam esta abordagem aos pacientes que procuram gerir peso e saúde.”, afirmou Dr Neal.
Vegetarianos ainda são suscetíveis à exposição aos pesticidas que os fazendeiros usam em suas plantações. Você pode limitar sua exposição comprando produtos orgânicos e cultivando seus próprios alimentos no jardim. Se você escolher produzir seus próprios vegetais ou cuidar de suas próprias galinhas (fora da dieta vegetariana), você também vai experimentar uma grande diminuição na sua conta do supermercado.
Nos dois dias de jejum deve preferir-se alimentos saciantes. A chave esta em combinar os de elevado teor de proteínas com os de baixo índice glicémico. E imposto um máximo de 50 gramas de proteína por dia e aconselhada a preferência por boas proteínas como peixe branco ao vapor, frango sem pele, laticínios magros, camarão, atum, tofu, frutos secos, sementes, leguminosas e ovos.
O seu metabolismo é um dos pontos chaves para a queima de gordura corporal. Quanto mais acelerado ele estiver, mais gordura e calorias você queimará, por isso, adicione alimentos que ajudam a perder calorias mesmo sem dieta como nabo, rúcula, chá verde, pimenta vermelha e gengibre, que são termogênicos e possuem a propriedade de acelerar o metabolismo e queimar mais calorias durante o processo de digestão. Outra dica importante é nunca pular refeições, fazendo entre 5 a 6 refeições diariamente. Dessa forma, você evitará que seu organismo entre em estado de privação, obrigando-o a gastar a energia dos alimentos consumidos em vez de armazená-la na forma de gordura.
© 2018 - DicasOnline.com © Desde 2015 A Facilitar a Sua Vída - O uso deste site implica a aceitação da nossa Politica de Privacidade bem como do nosso Disclaimer. Este site não faz parte do Facebook. O Facebook INC não tem qualquer responsabilidade nos conteúdos aqui criados. FACEBOOK é uma marca registada por FACEBOOK, Inc. Morada: Rua Lino José Sousa Ferreira, Edifício Roma Loja 8 4760 - 143 - Vila Nova Famalicão Portugal - TLF: 00351 223 750 155
O chá feiyan é uma infusão preparada com plantas medicinais que contém componentes eficazes para reduzir o acúmulo de gordura. Consumo regular desse chá ajuda a melhorar seu metabolismo, reduzir o inchaço diminuir o apetite, desintoxicar o corpo e se livrar do excesso de gordura. Considera-se que o chá não contém aditivos químicos, e é seguro para consumo regular sem efeitos colaterais. Deixe um saquinho de chá em cerca de 150ml de água fervida por 5 a 10 minutos. Tome uma xícara à noite para começar, depois de uma semana use uma xícara de manhã e uma à noite. Esse é um dos chás emagrecedores com resultados mais rápidos. Isso porque, um dos primeiros resultados aparentes de uma desintoxicação é justamente a perda da barriga. Um mês de administração desse chá mostrou resultados de 2 a 4 quilos no peso, entretanto é comum o ganho de peso após o primeiro mês, uma vez que o corpo se adapta.
Além disso, conforme estudos anteriores, dietas vegetarianas e veganas com baixo teor de gordura promovem um maior controle glicêmico e reduzem fatores de risco cardiovascular. “O vegetarianismo já provou ser mais efetivo para a perda de peso. Agora, mostramos que a dieta vegetariana pode ser muito mais efeito na redução de gordura muscular, promovendo melhora no metabolismo“, disse Hana Kahleová, diretora de pesquisa da organização sem fins lucrativos Physicians Committee for Responsible Medicine, nos Estados Unidos, ao site especializado Medical News Today.

Ultimamente ser vegetariano está se tornando muito comum entre as pessoas, algumas por motivos culturais, religiosos ou até mesmo por conta da saúde. Segundo uma pesquisa realizada em outubro de 2012 pelo IBOPE, cerca de 15,2 milhões de brasileiros se declaram vegetarianos. Isso corresponde a 8% da população do país. O estado do Ceará está no topo do ranking com a maior população vegetariana do Brasil, 350 mil pessoas.


- Por não consumirem produtos de origem animal, vegetarianos não comem gordura saturada e, portanto, acumulam menos calorias. Para ter ideia, um grama desse nutriente tem 9kcal. Vegetarianos ainda comem mais fibras de frutas, legumes, verduras, cereais integrais e leguminosas; e as fibras saciam. Então a ingestão de calorias total do dia é pouca - explica Marcela. - Um fato que sempre achei, e que o artigo mostra, é que vegetarianos são mais preocupados com a qualidade de vida. Isso também ajuda a emagrecer. Alimentação deve ser equilibrada e fracionada

Ao fazer a infusão é muito importante não deixar a água ferver. Coloque a água no fogo e espere formar as primeiras bolhas. Então, acrescente duas colheres de sopa das folhas da erva na água, desligue o fogo e deixe por cinco a dez minutos, abafando. Para reduzir o efeito estimulante, experimente descartar essa primeira água e então repetir o processo. Depois de pronto, ele deve ser conservado em um recipiente de vidro na geladeira ou em garrafa térmica, e suas propriedades permanecem intactas por apenas 24 horas. Saiba mais sobre chá verde aqui.
×