O especialista afirma que uma das vantagens do jejum é que a queima de gordura ocorre sem a perda da massa muscular, também conhecida como massa magra. “A massa é mantida porque o jejum eleva o hormônio do crescimento e isso previne qualquer queima de músculo”, diz ele. Polesso explica que o músculo é um tecido metabolicamente ativo, ou seja, ele consome energia e caloria somente por existir. “Perder massa muscular não é adequado para o processo de emagrecimento.”
Bom dia estou fazendo o jejum intermitente de 24 horas a 1 semana e já emagreci 3 quilos, não estou fazendo um dia e pulando outro estou fazendo direto a gente se a costuma com a fome no primeiro dia achei que ia morrer hoje sinto fome sim mas consigo segura estou tomando café sem açúcar e chás esta sendo muito bom, isso pode me trazer algum tipo de problema futuro.
A canela é um alimento termogênico e o seu chá também é. Assim, esta bebida é capaz de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico. Além disso, a especiaria tem ação anti-inflamatória o que faz com que seu consumo seja interessante para pessoas com obesidade, já que esses indivíduos possuem um quadro de inflamação crônica. O chá de canela e a canela em si não são orientados para gestantes pois eles aumentam o risco de aborto espontâneo. Para preparar o chá de canela ferva.
Outra teoria é de que a magreza de uma pessoa tenha relação com o tipo de gordura que se acumula no intestino. Existem dois tipos de gordura: a branca e a marrom. A branca, geralmente, provém de alimentos de origem animal e em excesso ajudam a criar os pneuzinhos. Para reduzi-la naturalmente é preciso utilizar técnicas para eliminar gordura abdominal.
Em média, o peso que se perde durante o nosso programa de jejum e desintoxicação é entre 0,25kg e 0.5kg por dia. Algumas pessoas perdem mais, outras menos. Infelizmente, parece que aquelas pessoas mais desesperadas para perder peso, e que já tentaram muitos tipos de programas diferentes, acabam por ser aquelas com mais dificuldades em se livrarem dos quilos a mais. O nosso corpo é extremamente inteligente, e se já experimentou um ou mais programas de dietas, ele aprende a sobreviver com um mínimo de energia e quando é privado de alimentos entra num modo de sobrevivência e torna-se muito mais difícil perder peso.

Embora muitas pessoas bebam chá apenas por sua qualidade calmante e sabor, cada xícara também pode ajudar com o emagrecimento. Substituir bebidas de alto teor calórico, como suco ou refrigerante, por chá pode ajudar a reduzir a ingestão total de calorias e pode levar à perda de peso. Além disso, muitos tipos de chá são especialmente ricos em compostos benéficos para todo o corpo.
O especialista afirma que uma das vantagens do jejum é que a queima de gordura ocorre sem a perda da massa muscular, também conhecida como massa magra. “A massa é mantida porque o jejum eleva o hormônio do crescimento e isso previne qualquer queima de músculo”, diz ele. Polesso explica que o músculo é um tecido metabolicamente ativo, ou seja, ele consome energia e caloria somente por existir. “Perder massa muscular não é adequado para o processo de emagrecimento.”
Exercícios curtos de alta intensidade, nada mais são, como o nome diz, exercícios intensos realizados em um curto espaço de tempo, com um intervalo de descanso entre as séries. Um exemplo é fazer o Burpee por 1 minuto, descansar por 30 segundos, e fazer outra série de Burpees por mais 1 minuto. É muito importante respeitar o período de descanso, para que os seus músculos possam se recuperar. Assista ao vídeo abaixo e aprenda fazer o burpee passo a passo.
A refeição preferida dos brasileiros, composta por arroz, feijão, carne vermelha, café e pão francês - como mostrou a Pesquisa de Consumo Alimentar Pessoal no Brasil (IBGE) - está na berlinda: o novo "Prato da Alimentação Saudável" da Universidade de Harvard, lançado esta semana, condena o cardápio nacional. Os americanos privilegiam a dieta rica em grãos integrais, gorduras e proteínas saudáveis, o que quer dizer que os brasileiros estão comendo mais e mal, já que também adoram carboidratos refinados como lasanha, pizza e batata-frita, que só fazem engordar.
É rico em fibras, nutriente que ajuda no funcionamento do intestino e reduz a absorção de gordura e carboidratos. Isso acontece porque as fibras são digeridas mais lentamente, inibindo a produção de insulina. E quanto maior for o pico de insulina, mais facilmente a gordura será absorvida e acumulada, as fibras também aumentam a sensação de saciedade, fazendo a pessoa comer menos.

Cuando fui a visitarme con la dietista, solo quería bajar un poco de barriga, pero ella me explicó que bajar la cintura a menos de 94 cm lograría mejorar mi analítica (colesterol y triglicéridos), la tensión arterial y disminuir el riesgo cardiovascular y entonces entendí la importancia de comer bien. Así que ahora sigo sus pautas y creo realmente que he logrado cambiar de hábitos. Además, tengo menos acidez y mejores digestiones. Gracias, Marisa.


Tornar-se vegetariano faz sentido da perspectiva financeira, moral e de saúde. Com todos os benefícios de abandonar a carne, vale a pena eliminá-la da dieta ao menos uma vez por semana. O movimento em busca de um estilo de vida mais saudável e ser um consumidor mais consciente está mostrando para as pessoas os benefícios de se tornar vegetariano e desta maneira esta escolha de estilo de vida aumentou sua popularidade.
Kahleová acrescenta que os resultados são particularmente importantes para doentes de diabetes tipo 2 e síndrome metabólica: “Esta descoberta é importante para pessoas que estão a tentar perder peso, incluindo pessoas que sofrem de síndrome metabólica e diabetes tipo 2. Mas também é relevante para qualquer pessoa que leve a sério o seu controlo de peso e queira permanecer saudável.”
Empeze en el octubre del 2016 con 97 kg y después de 8 meses ya estoy a 85 kg. Estoy bien, me siento muy energética y positiva y ya se que falta poquito para llegar a mi objetivo de 79 kg. Y todo esto gracias a la ayuda y a la guía de Marisa en Alimmenta. Con su profesionalidad he por fin re-aprendido a comer en manera saludable, a utilizar bien los alimentos en mi dia a dia y he afrontado los cambios que estaban pasando en mi vida con mucha positividad y un poquito mas de calma también en el aspecto de mi alimentación.

Você precisa de gordura boa. Algumas pessoas acreditam que uma dieta com pouca ou nenhuma gordura é automaticamente boa. Isso é verdade para pouca gordura, mas apenas se a dieta for feita da maneira certa (sim, você pode ir pelo caminho errado). Escolha as gorduras boas. O tipo bom (insaturadas; ômega 3 e 6) pode levar à queima de gordura, acelerando o metabolismo.


Eu gosto dessa frase. É fazer uma limonada (não-calórica) com os limões que a vida te dá, e de todos pensamentos transcedentais contidos no livro do Hesse, essa linha me chama atenção como uma maneira bacana, sem nonsense, de tirar o melhor de uma situação ruim. Sem dúvidas sobre isso. Mas quão útil ela é, realmente, para os leitores de hoje ? Muito poucos de nós jamais passaram por uma situação de "não ter o que comer". Ao contrário, a comida está sempre à mão, com pouco esforço necessário para obtê-la. Na prática, isso não é completamente verdade. Lixo processado e fast food estão sempre disponíveis, enquanto as coisas boas - carnes frescas e verduras, comida de verdade, você sabe - requerem preparo, cozimento, tempo, e lavar pratos. Mas o ponto principal continua valendo: nós raramente ficamos sem.
Além disso, conforme estudos anteriores, dietas vegetarianas e veganas com baixo teor de gordura promovem um maior controle glicêmico e reduzem fatores de risco cardiovascular. “O vegetarianismo já provou ser mais efetivo para a perda de peso. Agora, mostramos que a dieta vegetariana pode ser muito mais efeito na redução de gordura muscular, promovendo melhora no metabolismo“, disse Hana Kahleová, diretora de pesquisa da organização sem fins lucrativos Physicians Committee for Responsible Medicine, nos Estados Unidos, ao site especializado Medical News Today.
Mas o que exatamente estaria por trás desta fantástica descoberta? Como é possível comer o que se quer sem se preocupar com as calorias? É exatamente isso que os cientistas estavam tentando descobrir, pois a maioria das intervenções de perda de peso focam na redução de calorias. Porém, este estudo mostra que padrões alimentares veganos e vegetarianos, sem restrição calórica, podem resultar em maior perda de peso do que aqueles que incluem carne.
Quando se faz refeições pequenas a toda hora, o corpo está constantemente produzindo insulina e nunca chega ao estágio de queima. Além disso, nunca vai se sentir 100% satisfeito. Por isso, em vez de fazer de cinco a seis refeições pequenas por dia, faça três refeições principais maiores e dois lanches. É a mesma ideia ajustada para ser mais eficaz.[5]
Graduada pela USP, é especialista em saúde pública e mestre em gestão da clínica. Possui experiência em palestras e grupos educativos focados na prevenção e tratamento das doenças crônicas não transmissíveis e em atendimentos individuais personalizados. Apaixonada pela profissão, por novas experiências culinárias e por tudo o que leva a um estilo de vida saudável. Praticante de exercícios funcionais, Pilates e corrida nas horas vagas.
Começando a abundância de carboidratos em uma dieta vegetariana plano de perda de peso são importantes, pois são uma boa fonte de energia rápida para antes e depois de um treino. Mas lembre-se de ficar longe de comida vegetariana que contém uma grande quantidade de açúcar refinado, amido ou farinha branca, que só fazem você ganhar peso e pode deixar você com mais fome do que antes.
Mas, será que esse método realmente é saudável e traz benefícios para o organismo? É o que muita gente vem me perguntando, desde que publiquei a matéria. E, como sempre que me questionam eu faço questão de responder, fui à busca de informações sobre as vantagens do jejum intermitente, e é o fruto dessa minha pesquisa que compartilho agora com vocês.
Assim como Harvard, ela recomenda um cardápio com água, chás e pouco café, legumes, verduras, frutas, cereais integrais, leite e derivados magros, frutas oleaginosas, azeite extravirgem, ervas aromáticas, molho de tomate caseiro, vinho tinto moderado, suco de frutas (naturais), especiarias, peixes, frango orgânico, ovos caipiras ou orgânicos. E é a favor de até 300g de carne de boi magra por semana, divididas em duas a três refeições semanais.
Los investigadores del American Journal of Clinical Nutrition concluyeron que el extracto de té verde han demostrado aumentar el gasto de energía de 24 horas y la oxidación de las grasas, y en un período de 24 horas, el extracto de té verde aumenta la tasa metabólica en un 4%. También es importante tener en cuenta que los investigadores encontraron que los ingredientes combinados de té verde eran mucho más eficaces en este proceso que sólo la cafeína por sí mismo.

A refeição preferida dos brasileiros, composta por arroz, feijão, carne vermelha, café e pão francês - como mostrou a Pesquisa de Consumo Alimentar Pessoal no Brasil (IBGE) - está na berlinda: o novo "Prato da Alimentação Saudável" da Universidade de Harvard, lançado esta semana, condena o cardápio nacional. Os americanos privilegiam a dieta rica em grãos integrais, gorduras e proteínas saudáveis, o que quer dizer que os brasileiros estão comendo mais e mal, já que também adoram carboidratos refinados como lasanha, pizza e batata-frita, que só fazem engordar.
2. Inclua carboidrato e gordura no prato - esqueça as dietas da moda que eliminam um grupo alimentar da sua vida. Seu organismo precisa de carboidratos, lipídeos (gordura) e proteínas para funcionar direito. O segredo é escolher direito quais alimentos com esses nutrientes você vai consumir. Prefira as farinhas integrais, os lipídeos ricos em ômegas, como castanhas e abacate, e proteínas magras. “Quando fazemos dietas hiperprotéicas e sem carboidratos, utilizamos o músculo como fonte de energia”, explica a endocrinologista da clínica Nuclehum Flávia Ribeiro Funes.
Começando a abundância de carboidratos em uma dieta vegetariana plano de perda de peso são importantes, pois são uma boa fonte de energia rápida para antes e depois de um treino. Mas lembre-se de ficar longe de comida vegetariana que contém uma grande quantidade de açúcar refinado, amido ou farinha branca, que só fazem você ganhar peso e pode deixar você com mais fome do que antes.
Engana-se quem pensa que os chás, por serem naturais, não oferecem riscos à saúde se consumidos de forma errada. “O consumo exagerado dos chás sem orientação pode causar hipertensão ou hipotensão arterial, arritmia cardíaca, insônia ou gastrites. Alguns chás não devem ser consumidos por gestantes ou lactantes. Por isso, é interessante a prescrição de médico ou nutricionista antes de consumi-los”, lembra a nutricionista Sabrina.
×