A ingestão regular de alimentos (de índice glicémico baixo) permite manter os níveis de insulina e de glicose estáveis e, desta forma, evitar as quebras de energia e a perda de massa muscular (sempre que há uma descida dos níveis de açúcar no sangue, o tecido muscular é sacrificado para ser convertido em glicose), que resulta na diminuição da taxa metabólica de repouso (menos gordura é utilizada como fonte de energia).
Ao restringir o consumo de alguns alimentos deixamos muitas vezes de ingerir nutrientes essenciais ao nosso organismo. No caso da Dieta Vegetariana, ao serem excluídos alimentos de origem animal, estamos deixando de consumir nutrientes como vitamina B12, cálcio, ferro e zinco. O cálcio é um mineral que participa da formação e manutenção de dentes e ossos, uma drástica restrição em seu consumo a longo prazo pode favorecer o desenvolvimento de osteoporose. Já a vitamina B12 é um micronutriente encontrado exclusivamente em produtos de origem animal e utilizado na síntese de glóbulos vermelhos, atuando na prevenção de anemia. O ferro é uma das maiores preocupações, ao se avaliar a alimentação dos seguidores da Dieta Vegetariana, pois assim como a vitamina B12 esse mineral é um componente fundamental dos glóbulos vermelhos, pois junto como a hemoglobina realiza o transporte de oxigênio na corrente sanguínea. As carnes são as principais fontes desse nutriente, também são encontrados em verduras verde escuro e leguminosas, contudo nesse caso para ser absorvido é preciso a associação com a vitamina C. O zinco também encontrado nas carnes é fundamental para síntese de muitas enzimas assim como desempenha importante papel na formação de proteínas e divisão celular. É importante que os seguidores da Dieta Vegetariana sejam acompanhados por médicos e/ou nutricionistas, pois estes profissionais poderão orientá-los indicando possíveis alternativas para suprir o consumo destes nutrientes, o que geralmente é atingido por meio de suplementação.

"Os resultados que temos visto neste estudo são semelhantes aos observados em outros estudos sobre o jejum intermitente - explica Kristina Varady, a autora do estudo - mas um dos benefícios da dieta 16:8 poderia ser uma maior facilidade de execução em médio-longo prazo. Observamos que menos participantes deixaram este estudo em comparação a outros em outras dietas".

Dieta: Substâncias termogênicas estão naturalmente presentes em alguns alimentos. Chás como o chá verde, chá branco e oolong podem promover a perda de peso aumentando temporariamente a termogênese em seu corpo. Um estudo publicado no International Journal of Obesity em 2005 relata que a ingestão desses ingredientes termogênicos pode aumentar o seu metabolismo em 4% a 5% e a queima de gordura em 10% a 16%.


Olá muito boa tarde , sou a Winnie! Gostaria muito que me dessem algumas dicas. Acabo de ler tudo mas queria saber se antes de virar vegetariana tenho de consultar meu médico porque to com medo que algo possa dar errado porque sou magrinha e não quero perder peso , só quero ter uma alimentação melhor , a anos tento virar vegetariana e nunca , mas hoje tomei a decisão definitiva. Obrigada
Uma barriga saliente é uma das maiores causas de vergonha e frustação para as pessoas na atualidade. E quem não quer encontrar formas de se livrar dela o mais depressa possível, não é mesmo? Para ontem, de preferência. Mas embora seja algo desejável, a verdade é que não se trata de uma tarefa tão fácil assim. Há sim a possibilidade de perder barriga em uma semana (não toda, é claro, especialmente dependendo do tamanho dela), mas isso exige bastante esforço e disciplina para utilizar os meios certos e da maneira certa. Como fazê-lo?

Faça treinamento intervalado de alta intensidade. Esse tipo de treinamento, conhecido em inglês como HIIT (sigla para high intensity interval training) está em alta hoje em dia. Estudos mostram que ele queima mais gordura em menos tempo. Ele acelera o metabolismo rapidamente e o mantém acelerado depois do treino também – tanto que foi criado um termo para descrever isso fenômeno: efeito “afterburn”.[8] Então poupe suas desculpas quando tiver só 15 minutos para malhar!
Outra teoria é de que a magreza de uma pessoa tenha relação com o tipo de gordura que se acumula no intestino. Existem dois tipos de gordura: a branca e a marrom. A branca, geralmente, provém de alimentos de origem animal e em excesso ajudam a criar os pneuzinhos. Para reduzi-la naturalmente é preciso utilizar técnicas para eliminar gordura abdominal.
Fontes: Antonio Herbert Lancha Jr., doutor em nutrição; Maria Edna de Melo, presidente do Departamento de Obesidade da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia); a nutricionista Patricia Davidson Haiat; Lara Natacci, nutricionista da SBAN (Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição) e Christian Cruz, nutricionista da clínica Equilibrium Consultoria.
RIO - Dietas têm muitos nomes, mas a única que leva a uma radical perda de peso é a vegetariana. E isto vale especialmente para quem nunca fez. Esta é a conclusão dos médicos americanos Susan E. Berkow e Neal Barnard, depois de analisarem 40 estudos diferentes relacionando hábitos vegetarianos e massa corporal. Os dois notaram que as mulheres vegetarianas pesam de 6% a 17% menos do que as que são carnívoras. E o mesmo vale para os homens: os que não comem carne são de 8% a 17% mais magros. INFOGRÁFICO: O prato do brasileiro
Outra consequência do jejum intermitente é que o metabolismo basal também não desacelera, como muitos pensam. “O metabolismo basal gasta a quantidade de calorias no dia que uma pessoa precisa para manter o mesmo peso. As pessoas acham que não comer vai desacelerar o metabolismo, ou seja, você vai queimar menos calorias. Mas um estudo mostrou que ele continua acelerado até em jejuns bastante longos.”
— Concordo que a combinação arroz, feijão, bife e batata frita não é a melhor — diz Vilma Blondet. — As frituras devem ser evitadas. Bife só com moderação, porque é rico em gordura saturada e colesterol. Prefira carne branca ou vermelha magra acompanhada de salada verde, hortaliças e sobremesa de fruta. Arroz, os nutricionistas de Harvard só aceitam o integral.
O chá de cúrcuma pode ser um dos chás para acelerar o metabolismo e prevenir o acúmulo de gordura nos tecidos adiposos e outros órgãos. Isso pode evitar mais ganho de peso em pessoas com sobrepeso ou obesas. Além disso, o chá de cúrcuma tem ação termogênica, o que aumenta a taxa metabólica no corpo para queimar as calorias, promovendo a perda de peso.
Mi experiencia con Alimenta ha sido muy buena, mi problema eran esos kilos que te llegan tras la menopausia y que por mucho que yo intentara que no fuesen a más no lo conseguía sola, acudí a vosotros y con ayuda de Adriana sus consejos, y todo mi esfuerzo para llevar una dieta más adecuada y con pautas mucho más saludables estoy consiguiendo el reto que me propuse en mayo, estoy contenta y me siento mucho mejor y con mas vitalidad.
Fontes: Antonio Herbert Lancha Jr., doutor em nutrição; Maria Edna de Melo, presidente do Departamento de Obesidade da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia); a nutricionista Patricia Davidson Haiat; Lara Natacci, nutricionista da SBAN (Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição) e Christian Cruz, nutricionista da clínica Equilibrium Consultoria.

A Dra. Maria Edna de Melo, presidente do Departamento de Obesidade da SBEM, o jejum intermitente tem efeitos na perda de peso, pois leva a redução do consumo de calorias. Acompanhada de uma mudança de alimentação, as perdas podem ser ainda maiores. Outras particularidades são importantes, como não fazer a principal refeição à noite, quando o corpo tem mais dificuldade de metabolizar os alimentos. Porém, ela ressalta que a maior parte das pessoas não consegue manter esse regime no longo prazo, por conta da rotina.

Exercícios curtos de alta intensidade, nada mais são, como o nome diz, exercícios intensos realizados em um curto espaço de tempo, com um intervalo de descanso entre as séries. Um exemplo é fazer o Burpee por 1 minuto, descansar por 30 segundos, e fazer outra série de Burpees por mais 1 minuto. É muito importante respeitar o período de descanso, para que os seus músculos possam se recuperar. Assista ao vídeo abaixo e aprenda fazer o burpee passo a passo.


Com base nos resultados, a dieta vegetariana pode fazer perder duas vezes mais peso do que uma dieta somente de restrição calórica. Na dieta vegetariana, 60% das calorias vieram de carboidratos, 15% de proteínas e 25% de gordura. Já na convencional dieta antidiabética, 50% vieram de carboidratos, 20% de proteínas e 30% de gorduras, limitando as saturadas em 7%.

A aplicação BodyFast baseia-se em descobertas científicas sobre o jejum intermitente. Estamos empenhados em proporcionar a melhor experiência para os iniciantes do jejum intermitente bem como para os mais experientes. Com a aplicação e o teu plano de jejum semanal pessoal, que é baseado nos teus resultados e objetivos semanais, rapidamente verá os resultados saudáveis, se sentirá melhor e atingirá o teu peso ideal.

Existem pílulas, chás e até mesmo alimentos disponíveis no mercado que prometem ajudá-lo a perder peso. Alguns são eficazes, e alguns são nada mais do que marketing. Dente de leão em chá é um desses produtos, e muitas pessoas querem saber se ele realmente funciona. Aqui, você vai aprender sobre a ciência por trás do chá de dente de leão e se ele poderia potencialmente ajudá-lo a perder quilos.
Os voluntários ficaram um ano nessa toada. Depois disso, veio o primeiro resultado: quem caiu em um desses dois grupos (do jejum ou da restrição) emagreceu mais em comparação àquele pessoal que não recebeu nenhuma instrução dietética. Até aí, nada de novo. A grande descoberta do projeto veio, claro, ao comparar as duas intervenções. É que, no fim das contas, ambas levaram praticamente ao mesmo desfecho. Enquanto jejuar enxugou o peso em 6%, maneirar nas garfadas diariamente reduziu em 5,3%.
1. Faça, no mínimo, cinco refeições por dia - por mais que na teoria a maioria das pessoas saiba dessa regra, o que mais se vê por aí é gente passando fome para emagrecer. Metabolismo manda beijo e diminui o ritmo pra estocar. “O corpo passa a armazenar energia em vez de gastá-la. Além disso, você sentirá mais fome na próxima refeição“, lembra Paula Castilho, nutricionista da Sabor Integral Consultoria em Nutrição. Planeje cinco ou seis refeições ao longo do seu dia, com intervalos regulares. Uma hora antes de se exercitar, faça uma refeição leve com carboidrato e uma hora depois reponha carboidrato e acrescente uma proteína. Veja os alimentos que secam a barriga aqui.
O corpo geralmente entra em modo de fome ou inanição quando a ingestão começa a cair abaixo de 1.200 calorias por dia. Se estiver interessado em usar ciclos calóricos, saiba quantas calorias seu corpo precisa antes de começar a definir os números. Você pode chegar a consumir apenas 1.200 calorias algumas vezes, mas não faça isso em dias seguidos.[4]
Chausse, um dos cientistas brasileiros dedicados a entender os efeitos da prática no metabolismo, levanta uma hipótese para explicar por que é tão penoso mantê-lo. “Em muitos estudos, o jejum incita o aumento nos níveis de neurotransmissores que estimulam a fome”, explica. Para a nutricionista Sophie Deram, autora do livro O Peso das Dietas (Editora Sensus), isso é totalmente compreensível. “Trata-se de uma defesa do próprio corpo para fazer você comer”, resume.

Em jejuns com duração inferior a 24 horas refeições ricas nutricionalmente antes e depois do período de jejum são suficientes para garantir um aporte nutricional adequado. Em jejuns mais prolongados, para além do acompanhamento médico especializado, uma dieta nutritiva antes e depois do jejum associada à toma de um multivitamínico garantem os nutrientes essenciais (vitaminas, minerais, ácidos gordos e aminoácidos). 17,18


Comer o que quiser durante cinco dias e depois jejuar em dois dias não consecutivos. A proposta é de "A Dieta dos 2 Dias", livro publicado em Portugal pela Lua de Papel ou «Fast Diet» [dieta rápida em tradução literal], o nome original em inglês, também conhecida como Dieta 5:2, como a definem alguns especialistas. Criada por Michael Mosley, um produtor da BBC com formação em medicina, é apresentada como "uma estratégia sustentável para uma vida saudável e longa".
Há efeitos benéficos do jejum demonstrados por estudos clínicos ou sugeridos em ratinhos. É o caso da redução de picos de glicemia e da resistência à insulina, da perda de peso e manutenção do peso mais baixo, da redução dos níveis de proteína inflamatória, associada a risco reduzido de cancro da mama e do aumento de produção da proteína bnDF, que tem efeitos antidepressivos e estimula a criação de neurónios no hipocampo.
Tenho apenas 13 anos e sou vegetariana por escolha própria, não conheço ninguém assim mais resolvi adiquirir a dieta pelo motivo principal de não querer colocar um animal morto no meu prato e nem colocá-lo na boca, devemos comer vida e não fazer do nosso corpo um necrotério, meus pais não aceitaram por acharem que uma dieta sem carne é prejudicial a saúde, mais na verdade é mais saudável, me sinto bem melhor em comer coisas que eu sei que vão me fazer bem mesmo eu muitas vezes nem gostando tando do sabor. Além disso eu tinha muitos problemas no estomago, mais eram piscicológicos, hoje melhoraram muito.
Quanto mais calorias comemos mais engordamos, certo? Errado! Isto é o que afirma uma recente pesquisa realizada por cientistas, onde foram revisados 15 estudos realisados com dietas à base de vegetais, em grupos que vão desde veganos (não consomem nenhum produto de origem animal) à ovolactovegetarianos (consomem ovos e leite, abstendo-se de carne).
A receita mágica é popular nas redes sociais. Há, inclusive, variações como tomar dois copos de água morna e até de água quente em jejum de manhã. Contudo, não há comprovação científica de sua eficácia. De acordo a Dra. Maria Edna, o que acontece é que, ao tomar os copos de água, ocorre a dilatação gástrica, um estímulo que simula a saciedade. Contudo, esse efeito acontece em qualquer momento do dia e não é potencializado pela manhã. Além disso, não há nenhum ganho para o organismo, só a diminuição da vontade de se alimentar.

Gorduras puras como manteiga e óleo de coco podem ser adicionadas ao café, pela manhã, para ajudar na sensação de saciedade durante o jejum. "Mas não pode exagerar caso o objetivo seja perder peso”, alerta o especialista. "O paciente não deve tomar óleo de coco e manteiga em excesso porque o corpo irá queimar essa gordura antes de queimar a do próprio corpo. Tudo tem que ser ponderado. O ideal mesmo é beber o líquido puro."

Recentemente, o óleo de coco surgiu como uma possível alternativa mais saudável a outros óleos vegetais utilizados na cozinha. Contudo, a SBEM e a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) lançaram uma declaração conjunta condenando o uso do óleo para fins de emagrecimento. De acordo com as duas organizações, não há qualquer estudo que associe o ingrediente à perda de peso. Além disso, trata-se de um óleo com alta concentração de ácios graxos saturados, que podem fazer mal ao sistema cardiovascular. De acordo com a Dra. Maria Edna, o óleo pode ser consumido com moderação, assim como todos os outros óleos.

Olá, Walmar Andrade! Tudo bem. Olha eu ameiii seus relatos, sua matéria. Bom, eu hoje peso 100 kg, isso me da depressão e quero muito perder peso urgente, pois, tenho apenas 1,62 de altura e isso me prejudica muito… Estou muito feliz por conhecer as possibilidades que a “Dieta Intermitente” nos oferecendo, então iniciei semana passada com 12 hs, agora com 18hs confesso que no início senti dor de cabeça, fraqueza, sono… e tc, mas agora me sinto melhor. Haa… estou fazendo zumba entrei na academia rsrsr 3x por semana. Obrigado pelos seus incentivos e sua força. Logo, logo posto aqui meus resultados.#tamojuntogalera!!!
Pesquisas mostram que o chá oolong, um chá semi fermentado pode ter um efeito mais forte que o chá verde, promovendo queima de gordura até 157% melhor. O chá oolong bloqueia a oxidação em 50% em apenas 15 dias. Pesquisas sugerem que o chá oolong acelera o metabolismo, queima gordura e bloqueia a absorção de gordura. Além da perda de peso, ele é bom para diabetes tipo 2, pacientes com doenças cardíacas, reduz pressão arterial, previne apodrecimento dos dentes e melhora sua pele. Algumas pesquisas concluíram que o chá oolong reduz o colesterol e aumenta os níveis de adiponectina que te salva da epidemia da obesidade. Faça uma infusão do chá oolong em qualquer lugar por 30 segundos a 5 minutos, para uma xícara mais forte.
— Por não consumirem produtos de origem animal, vegetarianos não comem gordura saturada e, portanto, acumulam menos calorias. Para ter ideia, um grama desse nutriente tem 9kcal. Vegetarianos ainda comem mais fibras de frutas, legumes, verduras, cereais integrais e leguminosas; e as fibras saciam. Então a ingestão de calorias total do dia é pouca — explica Marcela. — Um fato que sempre achei, e que o artigo mostra, é que vegetarianos são mais preocupados com a qualidade de vida. Isso também ajuda a emagrecer.
Comer o que quiser durante cinco dias e depois jejuar em dois dias não consecutivos. A proposta é de "A Dieta dos 2 Dias", livro publicado em Portugal pela Lua de Papel ou «Fast Diet» [dieta rápida em tradução literal], o nome original em inglês, também conhecida como Dieta 5:2, como a definem alguns especialistas. Criada por Michael Mosley, um produtor da BBC com formação em medicina, é apresentada como "uma estratégia sustentável para uma vida saudável e longa".
Os programas dos Moinhos Velhos não foram criados especificamente para perder peso. O nosso programa de jejum de sumos com Yoga, Meditação e Terapias Holisticas é dirigido á desintoxicação e purificação do Corpo, da Mente e do Espírito. Nós não podemos garantir a quantidade de peso que se poderá perder, mas podemos garantir que se irá livrar de grandes quantidades de toxinas acumuladas e de mucos.
A taxa metabólica basal (TMB) é a quantidade de energia que seu corpo precisa para manter as funções básicas quando você está em repouso e várias coisas podem influenciar sua taxa metabólica, entre elas a genética, idade, gênero (os homens tendem a ter uma TMB mais alta que as mulheres), peso, altura, estrutura corporal e alimentação. Alguns distúrbios médicos, medicamentos e clima também podem interferir.
Uma mulher em forma tem entre 21 e 24% de gordura corporal, mas até 31% é um nível aceitável. Para homens, o ideal é entre 14 e 17% e o aceitável é até 25%. Todos têm um nível essencial mínimo de gordura no corpo (para os homens ele é menor) que nunca conseguem perder sem causar danos à saúde.[12] Então saiba o que é melhor para você, e o que é realista!
Todos sabem como é a rotina de alguém que quer seguir uma dieta saudável, balanceada e trabalha, por exemplo. É aquela dor de cabeça, na noite anterior prepara-se marmitinhas para o dia todo. Café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, café da tarde, jantar, ceia, e olhe lá se não tiver mais alguma refeição. O Jejum Intermitente promete mudar esse problema, pois consiste em fazer refeições mais balanceadas, menos vezes por dia.
Ao não receber energia dos alimentos, para se manter funcionando, o organismo busca seu combustível em reservas de glicose no fígado e nos músculos. A questão é que essas reservas acabam em 12 horas e, a partir daí, o corpo começa a perder massa muscular. Quando acompanhado por um profissional, ele ajustará a ingestão proteica na dieta, fornecendo o suporte nutricional necessário para evitar essa perda.
“El mensaje principal es que una dieta basada en vegetales puede ayudar a perder peso sin tener que contar calorías y sin el aumento gradual de su rutina de ejercicios”, dice Neal Barnard, MD, autor principal del estudio, el presidente del Comité de Médicos, y una profesor asociado adjunto de medicina en la Washington Escuela de medicina y Ciencias de la Salud de la Universidad George. “Esperamos que los proveedores de atención de la salud tomarán nota y prescribir este enfoque a los pacientes que buscan controlar su peso y la salud.”
Viver sem carne parece difícil para a maioria das pessoas, porque estão acostumadas a consumir uma dieta regular de proteínas. No entanto, encontrar maneiras saborosas de conseguir os nutrientes que necessita não é tão difícil. Vegetarianos aproveitam os benefícios de uma dieta que tem baixo teor de gordura e sódio. Muitas pessoas também acham mais fácil controlar sua ingestão de glicose em uma dieta vegetariana.
"A autonomia na escolha do que se come nos dias sem jejum, longe das amarras e dos sacrifícios permanentes, é apelativa e motivadora, podendo aumentar o nível de compromisso com a mudança. Do ponto de vista metabólico, tem efeitos positivos a nível da regulação da produção de insulina, uma hormona chave no processo de perda de peso, através da regulação do metabolismo do açúcar e da sua transformação em gordura a nível hepático", explica, no entanto, Miguel Rego.
Ingestão em horários determinados. Os carboidratos complexos (arroz integral, feijão, aveia) podem ser consumidos antes das 18h (em geral, comer tarde da noite não é aconselhável). Os carboidratos simples, no entanto, devem ser consumidos apenas depois da prática de exercícios físicos. Quando o corpo ainda está se recuperando da sessão, os carboidratos simples (o bom e velho açúcar) são armazenados como glicogênio e não como gordura. Caso contrário, eles devem ser evitados.
Anis estrelado, o fruto de uma pequena árvore verde nativa da china, pode ser usado no tratamento de problemas digestivos como diarreia, náusea, etc. Uma pessoa pode beber esse chá ao colocar uma vagem inteira dele em uma xícara de água quente por 10 minutos. Escorra a água e adoce se necessário. Beba devagar quando tiver problemas estomacais. Esse é um dos ótimo chás para emagrecer e perder a barriga, já que alguns problemas de digestão podem ser os responsáveis por uma barriguinha mais saliente.
Agora, a chave para o sucesso em um plano de perda de peso dieta vegetariana deve incluir uma alimentação adequada na lista acima quantidade, e experimentar as diversas opções de menu, como parte de sete dias plano de dieta vegetariana para perder peso. O principal objetivo deste plano de dieta não exceda a ingestão de calorias a mais de 1800 calorias. Muito queijo ou maionese ou carboidratos, como batatas recheadas ou cozidos, seria útil se você estiver procurando por uma perda de peso rigoroso. A melhor maneira de planejar o seu plano de dieta vegetariana é que comer legumes cozidos e preparar saladas, como eles são leves e fáceis de digerir. Outra coisa a considerar é evitar coisas muito oleosos e picantes como estes, após o consumo, directamente a partir da gordura armazenada que se deteriorar completamente o plano de dieta. A dieta de vegetais crus ou cozidos, juntamente com os ovos são boas idéias para o almoço e jantar, enquanto saladas e sopas são a melhor como snacks durante todo o dia. Se você tem o hábito de comer doces, saladas iria fazê-lo.
No te puedes fiar de nadie. La industria de la pérdida de peso (i.e. nutricionistas y gurús del fitness) te va a hacer creer que sus consejos son lo que se sabe que hay que hacer para adelgazar. Te darán detalles de cómo lo tienes que hacer, te hablarán de adherencia, te hablarán de que lo importante es que cambies tus hábitos de forma permanente, te dirán que tienes que perder el peso poco a poco y te dirán también que si dejas de seguir sus consejos recuperarás todo lo perdido. Y te van a ocultar los resultados reales a largo plazo de sus recomendaciones: te van a ocultar que sus consejos han fracasado sistemáticamente en los estudios científicos, cuando estos tienen suficiente duración. Si estás desinformado/a, te van a engañar y acabarás culpándote de no haber conseguido nada.
Todos sabem como é a rotina de alguém que quer seguir uma dieta saudável, balanceada e trabalha, por exemplo. É aquela dor de cabeça, na noite anterior prepara-se marmitinhas para o dia todo. Café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, café da tarde, jantar, ceia, e olhe lá se não tiver mais alguma refeição. O Jejum Intermitente promete mudar esse problema, pois consiste em fazer refeições mais balanceadas, menos vezes por dia.
Outras substâncias (enzimas e mucilagens) presentes na planta agem em áreas diferentes. No estômago, facilitam a digestão; no intestino, impedem parte da absorção do carboidrato e da gordura dos alimentos; e nos rins, anulam temporariamente a ação do hormônio antidiurético, quando o organismo aproveita para se livrar do excesso de líquidos. Ainda não acabou: “O hibisco tem vitamina C, que diminui a pressão na parede dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação, e cálcio, mineral importantíssimo para os ossos e um facilitador na perda de peso, segundo estudos recentes”, afirma a bióloga Lúcia Helena Guerra Arantes, de Belo Horizonte.
×