Recientemente ha habido muchas noticias sobre té verde. El té verde, que se ha informado de tener propiedades anticancerígenas y elevar los niveles de antioxidantes en la sangre que puede evitar las enfermedades del corazón, ahora parece tener el potencial para promover la pérdida de peso. Pruebas preliminares de laboratorio en ratones ponen adelante la capacidad de té verde en la pérdida de peso por la quema de calorías y grasa necesaria para bajar de peso.

Planeje a ingestão de carboidratos. É nessa parte que as coisas ficam um pouco confusas, já que há muitas escolas diferentes de pensamento quando se trata desse assunto. A polêmica dieta de Atkins prega a eliminação de carboidratos, pois isso leva à queima de gordura, mas é insustentável e questionável por que recomenda que se corte 60% da energia preferida pelo corpo. Outras estratégias:
Faça exercícios aeróbicos e treinamento com peso. A atividade aeróbica queima calorias mais rápido que levantamento de peso, mas se quiser queimar o máximo de gordura, precisa fazer os dois. Se quiser um corpo tonificado, levante menos peso e faça mais repetições na hora da musculação. Se o objetivo for ganhar massa muscular e ficar forte, levante mais peso e faça menos repetições. Qualquer opção é válida!
Cientistas chilenos reuniram um grupo de 11 pessoas – para averiguar, caso haja possibilidade de perca de gordura localizada, neste experimento o foco era perder gordura das pernas. Durante 12 semanas executaram o exercício legpress com baixa carga, 3 vezes na semana e míseras 960 a 1200 repetições por série. Ao fim da pesquisa os cientistas chegaram no seguinte resultado: as 11 pessoas perderam 700 gramas de gordura corporal, porém nos músculos das pernas foram 30-60 gramas.
Quando se fala em emagrecer e queimar gordura, a primeira palavra que vem à cabeça da maioria das pessoas é dieta. Mas essa é exatamente a palavra que deve ser retirada do vocabulário, conforme explica Rodrigo Polesso, especialista em Nutrição Otimizada para Saúde e Bem-Estar pela Universidade Estadual de San Diego, Califórnia (EUA), e líder do movimento Tribo Forte. “O que você precisa é transformar seu metabolismo e definir um estilo de vida capaz de destreinar seu corpo a acumular gordura”, conta. A recomendação do especialista? Seguir estas 7 atitudes:
Marina deseja perder 10 quilos em uma semana. Para isso ocorrer, primeiramente, ela deve descobrir seu gasto calórico diário. Após descoberto que seu GCD é 2000 calorias, ela diminuiu 500 calorias do mesmo, desta forma começou a perder peso. Todavia após um tempo ela não perdeu mais peso (ficou com seu peso estagnado) e não sabia o que fazer mais. O que vou lhe mostrar neste artigo é uma forma inteligente de lidar com as calorias e potencializar seus resultados. Mas antes disto é necessário quebrar alguns mitos deste processo, para estar tudo muito claro para você leitor.
“Durante a dieta, eu tomava o chá verde Dr. Dukan todos os dias. Não tinha um horário específico, mas gostava de tomar pois sentia os efeitos estimulantes e termogênicos da pimenta caiena. Gostei tanto que continuo tomando o chá mesmo depois de ter terminado a Dieta Dukan. Sinto uma disposição maior quando tomo o chá, isso às vezes me ajuda a fazer as atividades físicas do dia”, relata Adriana.
É preciso ter extremo cuidado para aliar o jejum ao exercício. O ideal seria que os períodos de jejum ao longo do dia estivessem distantes dos momentos reservados para a atividade física, já que essa dieta prejudica a oferta de energia necessária para realizar  um exercício e mesmo para se recuperar depois dele. Além disso, por lógica, uma dieta muito restritiva ou de período prolongado acaba comprometendo a ingestão de alguns nutrientes, o que estimula a perda de massa magra --isto é, de musculatura.
Guilherme Giorelli é nutrólogo e médico do esporte e exercício. Fellow do International College for Advancement of Nutrology e com mestrado em vitamina D, ele organiza eventos como diretor científico da Associação Brasileira de Nutrologia do Rio de Janeiro (ABRAN-RJ), além de ministrar aulas e palestras. Seu dia a dia, porém, é o atendimento de pacientes que buscam cuidar da saúde por meio da alimentação e do exercício.
O limão também pode ser tomado antes das refeições principais, mas com água gelada. A água gelada faz com que o organismo tenha que gastar mais energia para aquecê-la, queimando algumas calorias a mais, o que também ajuda a emagrecer. Outra opção é adicionar raspas de gengibre ao suco, pois essa raiz também tem propriedades que ajudam na perda de peso.

Este blog é para discutir, sob a ótica da nutrologia e da medicina do esporte, qual o impacto da alimentação sobre o nosso organismo, quais as suas relações com o exercício e como a suplementação pode ajudar. Afinal, todo dia existem novos artigos sendo publicados, novas verdades para serem aprendidas ou questionadas. A ciência nunca está parada, nem você deve ficar.


Vegetarianos ainda são suscetíveis à exposição aos pesticidas que os fazendeiros usam em suas plantações. Você pode limitar sua exposição comprando produtos orgânicos e cultivando seus próprios alimentos no jardim. Se você escolher produzir seus próprios vegetais ou cuidar de suas próprias galinhas (fora da dieta vegetariana), você também vai experimentar uma grande diminuição na sua conta do supermercado.
A Dra. Maria Edna de Melo, presidente do Departamento de Obesidade da SBEM, o jejum intermitente tem efeitos na perda de peso, pois leva a redução do consumo de calorias. Acompanhada de uma mudança de alimentação, as perdas podem ser ainda maiores. Outras particularidades são importantes, como não fazer a principal refeição à noite, quando o corpo tem mais dificuldade de metabolizar os alimentos. Porém, ela ressalta que a maior parte das pessoas não consegue manter esse regime no longo prazo, por conta da rotina.
A maior parte das pessoas pensa que o treino cardiovascular de baixa intensidade (como caminhar) e de longa duração (superior a 45 minutos) é o mais eficaz para perder gordura. Os principais nutrientes utilizados durante o exercício são a glicose (açúcar) e os ácidos gordos (gorduras). Efectivamente, este tipo de exercício utiliza maior quantidade de ácidos gordos em relação à glicose. Não obstante, a quantidade total de energia gasta (calorias) é pequena.
Mais uma dieta do chá? Sim, mas ela começa com uma notícia surpreendentemente gostosa: o chá de hibisco não é amargo. Tem sabor suave de framboesa – dá até para sentir aquele azedinho da fruta -, além de proporcionar vários efeitos positivos no organismo: estimula a queima de gordura corporal, facilita a digestão, regulariza o intestino e combate a retenção de líquido. Ou seja, é um aliado e tanto na perda de peso.
"Segunda a medicina oriental, a água quente ajuda na digestão dos alimentos e a eliminar toxinas do organismo. Por isso mesmo, o ideal seria ingerir um pouco de água quente após as refeições e logo ao acordar", conta Sara. A água quente em jejum ajuda no funcionamento metabólico e a equilibrar a temperatura do corpo, que fica abaixo do normal quando acordamos.

A investigação centra-se cada vez no jejum intermitente e nos teus efeitos positivos no corpo humano. Paracelso, um médico suíço do século XVI, estava convencido disso. “O jejum é o melhor remédio”, disse. Estudos a longo prazo são de grande interesse e, naturalmente, fornecerão mais informações. O melhor de tudo para si é que não precisa de planos de dieta complicados ou contagem de calorias para começar a desfrutar dos muitos efeitos benéficos do jejum intermitente.

Ao fazer a infusão é muito importante não deixar a água ferver. Coloque a água no fogo e espere formar as primeiras bolhas. Então, acrescente duas colheres de sopa das folhas da erva na água, desligue o fogo e deixe por cinco a dez minutos, abafando. Para reduzir o efeito estimulante, experimente descartar essa primeira água e então repetir o processo. Depois de pronto, ele deve ser conservado em um recipiente de vidro na geladeira ou em garrafa térmica, e suas propriedades permanecem intactas por apenas 24 horas. Saiba mais sobre chá verde aqui.
×