Mais do Minha Vida: Zika Vírus • Microcefalia • Febre Chikungunya • Emagrecer • Candidíase • Mau Hálito • Febre Mayaro • Dieta Cetogênica • Sintomas de Virose • Tratamento de Virose • Vacina contra febre amarela • Sintomas de gravidez • Transmissão da dengue • Dietas para emagrecer • Terçol • Berberina • Febre Oropouche • Dieta sem glúten • Hemorroida • Dieta Low Carb • Jejum intermitente • Chá de Hibisco • Rinite • DIU • Bula do Fluconazol • Bula do Azitromicina • Bula do Transamin • Bula do Toragesic • Bula do Bi-profenid • Bula do Ciprofloxacino • Carvão ativado • Bula do Nimesulida • Bula do Ibuprofeno • Dieta Dukan • Dieta do Ovo • IMC • Whey Protein • Açaí • Kiwi • Ômega 3 • Colágeno • Gengibre • Vitamina C • Musculação • Aveia • Caminhada • Dieta para ganhar peso • Como perder barriga
O estresse oxidativo é causado por um desequilíbrio na produção do organismo de oxigênio reativo e suas defesas antioxidantes e pode levar a doenças crônicas e câncer. As moléculas instáveis, conhecidas como radicais livres, podem reagir com moléculas importantes como DNA e proteínas – danificando essas moléculas e criando um desequilíbrio. A redução de peso, provocada pelo jejum intermitente regular, pode levar a uma redução no nível de estresse oxidativo do corpo, ajudando a prevenir o desenvolvimento desses males.
Para preparar esse chá e aproveitar os benefícios desse chá será necessário, colocar uma xícara de chá no fogo e deixar até que comece a ferver. Quando chegar a esse ponto é preciso desligar o fogo e adicionar uma colher de chá de erva de alecrim e deixar agir por no mínimo 10 minutos. Depois é só coar e beber ainda quente. O ideal é tomar três xícaras de chá por dia.
O jejum pode ser indicado inclusive para pessoas com resistência à insulina que queiram controlar o quadro. No entanto, isso deve ser feito com o acompanhamento de um endocrinologista, pois nem todas as pessoas respondem bem a períodos prolongados de jejum. Além disso, se você toma algum remédio para a resistência à insulina, pode ter hipoglicemia se ficar muito tempo sem se alimentar, o que pode levar a fraqueza, desmaios e outros problemas.
Engana-se quem pensa que os chás, por serem naturais, não oferecem riscos à saúde se consumidos de forma errada. “O consumo exagerado dos chás sem orientação pode causar hipertensão ou hipotensão arterial, arritmia cardíaca, insônia ou gastrites. Alguns chás não devem ser consumidos por gestantes ou lactantes. Por isso, é interessante a prescrição de médico ou nutricionista antes de consumi-los”, lembra a nutricionista Sabrina.
×